"Livros" é o novo projeto de João Afonso que reúne 14 canções num CD/livro ilustrado por António Afonso Lima. É enriquecido com olhares diversos sobre as obras literárias que fazem parte do "som das leituras" do músico. Entre as músicas estão o texto "O Principezinho", de Afonso Cruz ou a "Cartilha Escolar", de João Afonso dos Santos.

Para o novo projeto, o cantautor português decidiu musicar diversas obras de literatura clássica, numa edição livro/CD de 70 páginas, que conta com os contributos de artistas plásticos (André Letria, João Lucas), fotógrafos (Augusto Brázio), ilustradores (António Afonso Lima e Henrrique Cayatte) e escritores portugueses (João Afonso dos Santos, Alice Vieira, Mário Carvalho, Isabel Rio Novo, Joel Neto, Hélia Correia, Afoso Reis Cabral, Ricardo Araújo Pereira, Paulo José Miranda, Luciano Amaral, Jorge Silva Melo, Frei Bento Rodrigues e Afonso cruz).

O Principezinho

No prefácio deste "Livros", o jornalista Carlos Vaz Marques destaca que "Cada livro tem dentro dele uma música própria à espera de quem a escute. O gesto de João Afonso ao escrever este disco é a afirmação de que, nos seus melhores momentos, livros e canções são fruto da mesma raiz."

Autor e intérprete, João Afonso nasceu em 1965 em Moçambique, onde viveu até 1978. A solo estreou-se em disco com o álbum “Missangas” (1997), produzido por Júlio Pereira, e que recentemente conheceu uma edição comemorativa do seu vigésimo aniversário. Seguiram-se os discos “Barco Voador” (1999), “Zanzibar” (2002), “Outra Vida” (2006), “Um Redondo Vocábulo” (2009) e “Sangue Bom” (2014), este último com música de sua autoria para poemas inéditos de Mia Couto e José Eduardo Agualusa.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels