Uma exposição de artes plásticas organizada, em parte, pela Nimba Art Gallery em colaboração com a Associação Razão D’Arte, dá o mote à Fábrica do Braço de Prata para dedicar o mês de maio à lusofonia. A programação inclui concertos, documentários e filmes, mesas-redondas e lançamentos de livros, que criam a ligação de Portugal a cada um dos países-membros. 

A celebrar 50 anos de existência, a editora Ulmeiro junta-se ao programa com um conjunto de documentos, que passam por edições raras, manuscritos e até projetos de capas. A presença da Ulmeiro neste mês dedicado à lusofonia ganha um sentido redobrado, uma vez que esta é, nas palavras da Fábrica do Braço de Prata, “quase um símbolo do papel das editoras independentes no combate pela desterritorialização da língua portuguesa.”

A gastronomia também será parte das atividades, juntando sabores aos saberes. Além do menu habitual da Fábrica, vão ser preparados pratos típicos dos "diferentes países onde se cozinha em português”.

O mês da lusofonia arrancou no dia 2 de maio com a sessão de cinema de “Raiva”, um filme de Sérgio Tréfaut e a inauguração da exposição “Printmaking, Work In Progress”, de Teresa Castanheira. No sábado, dia 4 de maio, às 19h00, com a sessão Agostinho da Silva (uma conversa com José Ribeiro e convidados), concertos de Baque do Tejo (Brasil/Portugal), Os Carapaus (Brasil/Nigéria) e Misturada (Brasil), o documentário “Namorando o Amanhã” de Simion Doru Cristea.

No mesmo dia (4) foi inaugurada a exposição “Isto Anda Tudo Ligado – Ulmeiro 50 anos de Intervenção Cultural”, a Feira do Livro da Ulmeiro e foi ainda feito o lançamento da reedição de Sete Cartas a um Jovem Filósofo de Agostinho da Silva (Ulmeiro). 

A próxima sessão está marcada para o dia 8 às 21h00, com o Curso de Filosofia Contemporânea: Agostinho da Silva. A restante programação mergulha numa série de atividades ecléticas, que podem ser consultadas, dividida pelas diferentes secções, aqui: 

 

Sexta, 10 de maio

21h00: Brasil: “Panorama da Criação Musical no Brasil” por Luiz Gabriel Lopes e Juninho Ibituruna
22h00: Stand Up Philosophy com Nuno Nabais “ O que é a Língua Portuguesa?”

Quarta, 15 de maio

21h00: Curso Livre de Filosofia Contemporânea – Fernando Gil

Sexta, 17 de maio

19h00: “Quem tem Ouvidos. Poemas e Violino” – Gisela Casimiro e Maria do Mar

Sábado, 18 de maio

18h00: Debate sobre Livro Alternativo em Portugal | Fernando Pereira Marques, Isabel Minhós, José Ribeiro, Pedro Piedade Marques e Vasco Santos. Org. Daniel Melo e Filipe Rodrigues

Quarta, 22 de maio

19h00: Kátia Casimiro “A literatura Guineense: contribuição para a identidade de um povo”
21h00: Curso Livre de Filosofia Contemporânea – Roberto Machado

Quinta, 23 de maio

19h00: “Fabricação: a arte enquanto arma” – Darsy Fernandes, Nuno Nabais e Noémi Alfieri
23h00: “Bilingue” de Xico Ferreira – Poesia/Concerto

Sexta, 24 de maio

22h00: Stand Up Philosophy com Nuno Nabais “O que se passa com o Brasil?”

Sábado, 25 de maio

18h00: Declamação de Poesia por amigos da Ulmeiro

Quarta, 29 de maio

21h00: Curso Livre de Filosofia Contemporânea – José Gil

Quinta, 30 de maio

19h00: “Juntas” – Júlia Zuza e Irma Estropina

Sexta, 31 de maio

19h00: “O activismo político, social e cultural na CPLP” – Luís Vicente e Irineu Vaz
22h00: Stand Up Philosophy com Nuno Nabais “Queremos mesmo a Guiné-Equatorial?”

CONCERTOS

Quarta, 8 de maio

22h30: Bossa&Morna (BRASIL E CABO VERDE)

Quinta, 9 de maio

22h00: Jam do Mundo (BRASIL)

Sexta, 10 de maio

22h30: Letícia Maura (BRASIL)
00h00: Michel William (MOÇAMBIQUE)
00h30: Lubisa (ANGOLA/C.VERDE/SÃO TOMÉ)

Sábado, 11 de maio

22h00: Bela Ensemble (PORTUGAL)
23h00: Luiz Gabriel Lopes – MANA (BRASIL)
00h30: Victor Zamora Trio (CUBA)

Quarta, 15 de maio

22h30: Bossa&Morna (BRASIL E CABO VERDE)

Quinta, 16 de maio

22h00: Jam do Mundo (BRASIL)

Sexta, 17 de maio

22h00: Sara Alhinho (CABO VERDE)
00h30: João Ventura (BRASIL)

Sábado, 18 de maio

23h00: Déa Trancoso (BRASIL)
00h00: Tercio Borges e Inah Santos (BRASIL)
00h30: Yami Aloelela (ANGOLA)

Quinta, 23 de maio

22h00: Jam do Mundo (BRASIL)

Sexta, 24 de maio

23h30 Mbye Ebrima Band (GÂMBIA)
00h30: Bubacar Djabate (GUINÉ BISSAU)

Sábado, 25 de maio

22h00: Silvia Nazário e Cláudio Kumar (BRASIL)
00h00: Mick Trovoada (ANGOLA)

Quinta, 30 de maio

22h00: Jam do Mundo (BRASIL)

Sexta, 31 de maio

23h00: Sebastião Antunes (PORTUGAL)
23h30: Daniel Schvetz e Miguel Moniz (ARGENTINA)
00h00: Bossa&Morna (BRASIL E CABO VERDE)

CINEMA

Quarta, 15 de maio

21h30: Documentário “Do Outro Lado do Mundo” de Rui Sérgio Afonso (ANGOLA)

Quinta, 16 de maio

21h30: Documentário “Por Parte de Pai” de Guimar Ramos (BRASIL)

Sexta, 17 de maio

21h30: Curta-Metragem “Colapse” de Tiago Xavier (PORTUGAL)

22h00: Documentário “Canhão de Boca” de Ângelo Danilo Ferreira Monteiro Lopes (CABO-VERDE)

Quarta, 22 de maio

21h30: Documentário “Paraíso Ameaçado” de Domingos Sanca (GUINÉ-BISSAU)

Quinta, 23 de maio

21h30: Documentário “Origens” de Pedro Mba Ndong Nseng (GUINÉ-EQUATORIAL)

Sexta, 24 de maio

21h30: Documentário “Djambo” de Chico Carneiro (MOÇAMBIQUE)

Quarta, 29 de maio

21h30: Documentário “A Casa” de Rui Simões (PORTUGAL)

Quinta, 30 de maio

21h30: Documentário “Motxi de Obô, A Morte da Floresta” de Ramusel Alves de Carvalho da Graça (SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE)

Sexta, 31 de maio

21h30: Documentário “A Criança Roubada” de Lurdes Pires (TIMOR LESTE)

EXPOSIÇÕES

Quinta, 9 de maio

18h00: Inauguração da exposição Colectiva “Arte, Cultura e Mobilidade” – CPLP | Nimba Art Gallery (até 31 de maio)

LIVROS

Sábado, 11 de maio

18h00: Sessão Literatura Policial (Editora Ulmeiro)
Lançamento da novela policial “Tragam-me a orelha de Pedro Sanches”, de Jacinto Rego de Almeida

Sábado, 25 de maio

18h00: Lançamento da Revista Literária “O Voo da Coruja” (Editora Ulmeiro)

CRIANÇAS E JOVENS

Sábado, 11 de maio

17h00: Lançamento do livro “Do David, Sobre o David” de Patrícia Ribeiro

Sábado, 18 de maio

14h30: “A Fada e a Borboleta” de Mina Anguelova  (leitura)
19h00: Carlos Andrade (YouTuber) – Exibição de vídeos e conversa sobre diferenças entre as formas de criação africanas e europeias

Texto de Carolina Franco
Cartaz de Fábrica do Braço de Prata disponível via Facebook

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.