A secção principal do festival de cinema português Caminhos, em Coimbra, selecionou 50 filmes para a competição. Desde o documentário à ficção, o evento terá lugar entre o Teatro Académico de Gil Vicente, TAGV, e a Casa do Cinema até 20 de novembro.

Entre os filmes selecionados estão "A Metamorfose dos Pássaros", de Catarina Vasconcelos, "Alcindo", de Miguel Dores, "Chelas Nha Kau", de Bataclan 1950 e Bagabaga Studios, "O Lobo Solitário", de Filipe Melo, "Paraíso", de Sérgio Tréfaut, ou "Visões do Império", de Joana Pontes.

A Metamorfose dos pássaros | Trailer | Berlinale Encounters 2020

O festival dedica ainda uma secção competitiva ao que se faz em contexto académico ou de formação, na Seleção de Ensaios, premiando obras portuguesas mas também internacionais. 

Este ano, o festival cria também uma mostra do cinema feito nos países de língua oficial portuguesa, entre 7 e 12 de novembro, na Casa do Cinema de Coimbra. 

Já na Outros Olhares, seleção de cariz competitivo dedicada a obras de linguagem experimental, serão exibidas várias obras, com destaque para "Distopia", de Tiago Afonso, que venceu recentemente na competição nacional do DocLisboa o prémio de melhor filme. 

A cerimónia de encerramento do festival e entrega de prémios decorre no dia 20 de novembro, no TAGV.  

Podes encontrar a programação na íntegra aqui.

O festival Caminhos do Cinema Português assume-se como um evento de referência no panorama português, sendo o único festival dedicado, na sua competição, ao cinema português em várias vertentes, desde os projetos finais de escola de cinema, passando pela animação, documentário, curta-metragem até à longa-metragem.

Texto de Lusa e Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels