A Embaixada de Espanha em Portugal desafiou Marco Oliveira a escolher um nome da música espanhola para um concerto no dia 21 de dezembro, na Casa da Música. A escolha foi a voz doce de María Rodés, uma das mais consagradas cantoras da atualidade espanhola.

De um desafio lançado pela Embaixada de Espanha em Portugal, nasceu um parceria musical ibérica que junta o músico com raízes no fado, Marco Oliveira, e a música intimista da espanhola María Rodés. No dia 21 de dezembro, pelas 21h00, os dois sobem ao palco da Casa da Música, no Porto, para mostrar esta dança de vozes na qual os dois têm trabalhado.

"Fado sem Ti", de Marco Oliveira

Marco Oliveira é intérprete, poeta, compositor, guitarrista de Lisboa, e um dos mais representativos fadistas da sua geração, misturando o fado e a música popular urbana. O seu caminho já conta com três discos publicados - "Retrato" (2008), "Amor é água que corre" (2016) e "Ruas e Memórias", editado em maio de 2021 pela Sony Music, que conta também com a produção, arranjos e direção musical e José Mário Branco. A multifacetada María Rodés, traz consigo vários caminhos e um olhar transparente, despojado de preconceitos, presente no seu trabalho. A cantora e compositora de Barcelona explora, a partir do seu próprio olhar, diferentes géneros colocando-os num contexto inédito, livre de "academicismos e regeneracionismos" que durante décadas os tenham podido estigmatizar.

Os bilhetes têm o custo de 15€ e já estão disponíveis, aqui.

"Carta al Diablo", de María Rodés.

Texto de Patrícia Nogueira
Fotografia disponível via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre cultura em Portugal, clica aqui.