Nos dias 23 e 24 de novembro, Maria João Pires convida Daniele Rinaldo e Petr Limonov para os concertos Diálogos Pt I e, nos dias 14 e 15 de dezembro, a pianista portuguesa convida Júlio Resende para os concertos Diálogos Pt II, no Belgais Center for Arts, em Castelo Branco.

“A música pode ser um diálogo entre músicos, como na música de câmara, bem como entre compositores, seja um diálogo de humor, em intervalos ou em tonalidades. Um diálogo entre um compositor e o passado, ou ele próprio olhando para mundos que ainda não foram descobertos. Pode ser também um diálogo entre um compositor e ele próprio, olhando para dentro ‘com a mais profunda sensibilidade’.” É desta forma que os diálogos musicais são apresentados na página de facebook do Belgais Center for Arts, o espaço fundado pela pianista Maria João Pires em 1999.

Nestes quatro dias de concertos, Maria João Pires escolhe pianistas que se destacam nos seus países e além fronteiras. O pianista italiano Daniele Rinaldo já se apresentou como solista em grandes locais e festivais de todo o mundo, costumando apresentar-se em Itália, na Alemanha, na Escócia, em Espanha, no Japão, em Hong Kong, na China e na América do Sul. Pode ler-se na biografia do músico que foi aclamado como “um pianista de extraordinário talento dramático” pelo The New York Times, “um dos maiores talentos italianos da sua geração” pelo The Voice e “um artista memorável ... de maturidade e fantasia notáveis” pelo El País.

O pianista e maestro russo-britânico Petr Limonov estudou em Moscovo, em Paris e em Londres, e, depois de ganhar o primeiro prémio no Concurso Internacional de Piano Nikolai Rubinstein em Paris, começou a fazer concertos por toda a Europa e pela Rússia. Atualmente, tem atuado com frequência no cenário britânico e europeu, tendo feito colaborações com Nicola Benedetti, Laura van der Heijden, Jennifer Pike, Leonard Elschenbroich, Alexei Grynyuk, Van Kujik Quartet e Liana Isakadze. O álbum "1948", gravado com Laura van der Heijden, recebeu o prémio Edison Klassiek, em 2018.

O músico, pianista e compositor português Júlio Resende, tal como se pode ler na sua biografia, “é um dos mais internacionais músicos portugueses e conta já com sete álbuns editados, num percurso que se inicia no Jazz, passa pelo Fado e pela Palavra, e chega recentemente ao pop-rock, numa procura contínua do lugar perfeito que nunca existe e que só assim lhe permite explorar mais e mais, conseguindo que essa insatisfação e irreverência permitam a quem o ouve, o contacto com novas descobertas.”

Maria João Pires é uma aclamada pianista portuguesa que, desde a sua primeira apresentação pública aos quatro anos, tem trazido a arte e a música para o centro da sua reflexão e forma de estar na vida. O Belgais Center for Arts, um dos seus projetos artísticos que aproxima a arte, a comunidade e a educação, oferece workshops interdisciplinares para músicos profissionais e para amantes da música, bem como ciclos de concertos mensais como estes que aqui noticiamos. No entanto, a pianista não o faz apenas em Portugal; em 2012, iniciou na Bélgica um projeto que cria e desenvolve coros para crianças de contextos desfavorecidos.

Belgais Center for Arts é uma história, um estado de espírito, um laboratório e um futuro. Uma definição que convida a ir a este Centro virado para as artes e que está na base dos diálogos musicais que se ouvirão em Belgais, na intimidade de cento e vinte pessoas por concerto.

Para mais informações para aquisição de bilhetes, por favor consulta o site.

Texto de Rita Dias
Fotografia via facebook de Belgais Center of Arts

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.