Música embebida, entornada e enrolada em melodias que despertam a maior das emoções e sensações, numa roda-viva que brota vivências por todos os lados. É assim com Bed Legs. Na verdade, não há meio-termo. Sempre no limite da navalha, do rasganço, perfilam-se na dianteira do mundano, do profano, e não rejeitam atirar-se para um precipício melancólico, se assim tiver de ser.

Assim se cozem algumas das linhas deste diário musical da banda composta por Fernando Fernandes (voz), Tiago Calçada (guitarra), Hélder Azevedo (baixo), David Costa (Bateria) e Leandro Araújo (teclas). O intenso cheiro a rock ‘n’ roll, deveras vivido e desejado, viaja de braço dado com essências sonoras de outras épocas, tudo majestosamente pincelado e abençoado pela orla do rhythm and blues.

A 4 de maio editaram o seu disco homónimo em que o primeiro single - “Spillin’ Blood” - é a primeira faixa do disco e também a primeira a ser composta para este álbum. O videoclip foi realizado, editado e co-produzido por João Martins (aka MOCA), artista plástico de eleição da banda, com quem já colaboram desde o primeiro EP.

Estas são as 9 escolhas da música portuguesa que os Bed Legs partilharam connosco:

Da Weasel, Loja
Mão Morta, Tiago  Capitão
Cachupa Psicadélica, Amor de Laranjeira
Astrodome, Secular Fields
Linda Martini, 100 Metros Sereia
Sensible Soccers, Zaire
Stone Dead, Candy
Smix Smox Smux, Wisky
Pyroschaphe, Mobster Outfit

Fotografia de Maria Salgado

Se queres ouvir mais Mesclas da Semana clica aqui.