Com a bagagem cheia de fuzz e riffs que te expropriam os ouvidos, os Cosmic Mass são a resposta da Beira Litoral à mais recente onda psych-garage que tantos discos nos tem dado nos últimos tempos.

Juntos que nem colegas de carteira, André Guimas, Miguel Menano, Pedro Teixeira e António Ventura chegaram, em março deste ano, com Vice Blooms, disco de estreia que peca pela maturidade que descreve a criatividade rock n’roll de um projecto embrionário. No dia 13 de julho estarão em concerto em Ponte de Lima, Ecos do Lima.

Em relação à sua seleção para esta mescla disseram-nos que:

“Esta lista mistura todos os gostos pessoais de cada um de nós. Desde um dia a dia desinteressante, onde ouvimos músicas para passar o tempo, como em viagens para concertos, a uma mega festa em que ouvimos a burra a cantar e dançamos em cima do balcão do bar com uma pint de cerveja na mão e uma garrafa de bushmills na outra.. bons dias…Músicas que descobrimos no ano passado e músicas que descobrimos aos anos. No fundo, a lista transmite a maior parte da nossa criancice, a nossa energia em palco, a nossa estupidez. Ao mesmo tempo, temos momentos de elevada maturidade. Colocamos algo menos energético e frenético, mais “maduro”. E sim… também gostamos de vinho. Basicamente, uma playlist que mistura a energia concentrada de quatro putos estúpidos com alguma maturidade e inquietude de pensamento.”

Fica com a sua seleção de 10 músicas de autores portugueses:

Galo Cant’ás Duas, Marcha dos que Voam
Killimanjaro, High Flying Bird
Fugly, Inside My Head
Surma, Hemma
Bruno Pernadas, Ahhhhh
Zeca Afonso, Moda do Entrudo
B Fachada, Sozinho no Róque
Sebastião Antunes e Quadrilha, Cantiga da Burra
Lazy Faithful, Easy Target
Sensible Soccers, Ulrike

Fotografia de Marcelo Baptista

Se queres ouvir mais Mesclas da Semana, clica aqui.