Ianina Khmelik, mais conhecida por IAN, prepara-se para apresentar o seu primeiro disco – Raivera, um neologismo composto que em russo significa “paraíso” (rai) e “fé” (vera). Enquanto que como Ianina é uma violinista de formação clássica que toca na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, como IAN pretende demarcar-se desse papel. Em 2021 concorreu no Festival da Canção, como compositora e intérprete, com a canção “Mundo“.

Esta é a lista de 10 músicas de autores portugueses que partilhou connosco:

The Gift feat. Brian Eno, "Love Without Violins" 

"Adoro tudo nesta música, a estética, a voz inconfundível, a energia que transmite. Uma banda que eu estimo muito, que também me ajudou muito a projetar o meu projeto IAN."

GNR, "Bellevue"

"Os GNR, a banda com a qual tenho um bonito historial, cheguei a trabalhar com eles vários anos como violinista. Uma das músicas que me deu muito prazer a tocar, especialmente a parte do meio, com Toli César Machado ao piano."

Sétima Legião, “Por quem não esqueci”

"Pura poesia."

Pedro Abrunhosa, “Se eu fosse um dia o teu olhar”

"Foi uma das primeiras canções que me acompanhou, ao início, na minha chegada a Portugal."

Custódio Castelo, "The Takeoff"

"Um músico excecional, a guitarra portuguesa nas mãos dele é um ser vivo. Adorei participar neste disco, foi muito positivo e divertido!"

Amália Rodrigues, “Nem às paredes confesso”

"Imortal!"

Madredeus, “Ao longe o mar"

"A voz celestial inconfundível. Lindíssimo!"

Stereossauro, "Verdes Anos remix part 1 e 2 feat. Dj Ride" 

"É um remix tão tão feliz."

NBC feat. Sir Scratch, "Espelho"

"Gosto muito da estética das canções deste artista."

Sam The Kid, "Sendo Assim"

"Outro artista de que gosto bastante."

O Festival da Canção, mais do que um concurso, é uma celebração da música portuguesa e dos seus autores, por isso, desafiámos os talentosos participantes da edição de 2021 a partilharem connosco as suas 10 músicas nacionais preferidas. Todas as segundas sintoniza no site Gerador e descobre as Mesclas Especiais Festival da Canção 2021, aqui.
Fotografia de Ana Hop

gerador-mescla-ian