Joana Alegre a voz do tema E Agora?, com Mikkel Solnado, e que mais recentemente encantou jurados e público com a sua reinterpretação de Jenny Of Oldstones, no último The Voice 2019, é hoje autora convidada no Festival da Canção, sendo simultaneamente intérprete, com a canção “Joana do Mar“. Trabalha como letrista, compositora e vocal coach nos estúdios Great Dane e está a preparar o seu segundo disco de originais com produção de Luísa Sobral e o apoio da Sociedade Portuguesa de Autores.

Sobre a sua seleção para esta Mescla, disse-nos: “Escolhi só canções de mulheres, e faltam aqui muitas cantoautoras portuguesas, só para evidenciar que vivemos um tempo sem igual no que toca à crescente presença feminina de cantoautoras de grande qualidade, cada uma com a sua voz própria, todas únicas e especiais. Porque juntas somos mais fortes!”

Esta é a lista de 10 músicas de autores portugueses que partilhou connosco:

A Garota Não, “Que Mulher é Essa”
Rita Onofre, “Lugar Nenhum”
Emmy Curl, “Rústica” (Jafu’mega cover)
Nenny, “Bússola”
Mimi Froes, “Vou”
Junno, “Middle”
Monday, “Room for All”
Sequin, “Honey Bun”
Luísa Sobral, “O Bicho”
Rita Redshoes, “Mulher”

“Porque também vem a propósito deste tempo! “

O Festival da Canção, mais do que um concurso, é uma celebração da música portuguesa e dos seus autores, por isso, desafiámos os talentosos participantes da edição de 2021 a partilharem connosco as suas 10 músicas nacionais preferidas. Todas as segundas sintoniza no site Gerador e descobre as Mesclas Especiais Festival da Canção 2021, aqui.
Fotografia de Luís Macedo


gerador-mescla-joana-alegre