Silente é o novo projeto de Miguel Dias (ex-Rose Blanket) e Filipa Caetano, e que conta com a colaboração do escritor/poeta Frederico Pedreira nas letras.

O primeiro disco do grupo foi lançado no dia 6 de novembro e é o resultado de uma paciente maturação que se estendeu pelo período 2015-2019, durante o qual o gosto pela experimentação contribuiu para alongar, sem pressas, todo o processo criativo. As primeiras gravações datam de 2015, em Mindelo, tendo sido ainda feitas gravações em Figueiró dos Vinhos, durante 2017, para a captação de baterias e percussões. No entanto, a maioria das gravações foi feita em casa pelo Miguel Dias, que ainda fez a mistura.

A totalidade dos temas é de autoria de Miguel Dias que assegurou, igualmente, grande parte da instrumentação. As vozes são de Filipa Caetano, que já tinha colaborado com Miguel Dias no último disco de Rose Blanket, Nothing Ahead Nothing Behind. Participaram ainda no disco Miguel Gomes (guitarras em 2 temas e algumas percussões), Miguel Ramos (baixo em 3 temas) e Miguel Ângelo (baterias e percussões).

Sobre a sua escolha para esta Mescla disse-nos: "Escolhi 10 temas que serão provavelmente os que mais ouvi, sendo esse o critério de escolha. A única excepção neste critério é o "Anda Estragar-me os Planos", que concorreu a um Festival da Canção e é de autoria da Francisca Cortesão, que não tive possibilidade de ouvir tantas vezes quanto gostaria, porque julgo que nunca foi editado, sendo a única versão disponível a gravação para esse evento. É possível ter-me esquecido de um ou outro, mas estes teriam sempre lugar numa playlist dos meus temas preferidos de autores nacionais. Coloquei dois temas de Mão Morta por ser a banda portuguesa que musicalmente mais me marcou e quis colocar um tema do 1º álbum (Mão Morta) e um do 2º (Corações Felpudos)."

Fica com a sua seleção de 10 músicas, aqui:

Carlos Paredes, "Verdes Anos"
Mão Morta, "Ventos Animais"
Old Jerusalem, "Stroll"
Rodrigo Leão, "Pasión"
Três Tristes Tigres, "Anjo Da Guarda"
Joana Barra Vaz, "Anda Estragar-me Os Planos"
Madredeus, "Haja O Que Houver"
Pop Dell'Arte, "Avanti Marinaio"
Dead Combo, "Eléctrica Cadente"
Mão Morta, "Até Cair"
Fotografia da cortesia de Nuno Mendes
gerador-mescla-silente