O MEXE – Encontro Internacional de Arte e Comunidade – volta a reunir cidadãos, artistas e estruturas já em 2021 com os habituais dez dias de programação. As inscrições para apresentação de propostas para projetos estão abertas até ao dia 4 de dezembro.

Na sua sexta edição, o MEXE propõe uma reflexão em torno d’O Risco. De 17 a 26 de setembro de 2021, o Encontro Internacional de Arte e Comunidade volta à programação orientada em quatro eixos – Apresentação, Pensamento, Formação e Documentação – nas cidades do Porto e Viseu.

Para esta edição, Hugo Cruz, Diretor Artístico, questiona “Que risco, virtual e real, é este que vivemos no aqui e agora? Quais os seus contornos e nuances? O que pode este risco potenciar de construtivo para além da produção do medo, paralisia, bloqueio e controlo?”. Afirma ainda que “no terreno da criação artística, ação política, discussão democrática e vivência comunitária, o confronto e a diferença são elementos inerentes, tanto quanto o risco”.

A open-call permanecerá aberta até ao próximo dia 4 de dezembro e poderão candidatar-se projetos que integrem diferentes áreas artísticas como Teatro, Dança, Música, Artes Circenses, Performance, Pintura, Escultura, Vídeo, Fotografia, Novos Media, Instalação, Design, Arquitetura, entre outras.

Nas cinco edições anteriores o MEXE contou com mais de 1600 participantes de 22 países e mais de 25.000 espectadores, ocupando 47 espaços da cidade do Porto.

Texto de Bárbara Dixe Ramos
Fotografia de “Duck March #porto“, de Caterina Moroni na 5ª edição MEXE