No próximo dia 1 de novembro, arranca a 10.ª edição do Misty Fest, que terá as cidades de Coimbra, Lisboa e Porto como principais palcos, numa programação que se desdobra em 24 concertos, que acontecem ao longo do mês em várias cidades do país.

Teresa Salgueiro (na foto), a brasileira Maria Gadú ou o britânico Nitin Sawhney são alguns dos nomes que participam nesta edição do festival que arranca em Coimbra, no Convento São Francisco, que acolhe a única atuação no festival do músico argentino Melingo.

Depois desta abertura segue-se um concerto na Casa da Música, no Porto, a 4 de novembro, com o novo espetáculo de Teresa Salgueiro, intitulado “#alegria”, que procura refletir os últimos 12 anos do seu percurso musical desde a saída dos Madredeus, em 2007, que também o apresenta no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, no dia seguinte.

O festival promove também concertos do britânico Nitin Sawhney no Porto, Lisboa e Coimbra, que vai revisitar “um dos maiores clássicos da modernidade britânica, “Beyond Skin”, álbum associado ao ‘downtempo’ que o artista lançou em 1999.

Na 10.ª edição do festival, o músico Kyle Eastwood, filho do ator e realizador Clint Eastwood, atua em quatro palcos do Misty Fest (Coimbra, Espinho, Porto e Estoril), apresentando um repertório em torno de músicas de filmes, como o “Gran Torino”, que o seu pai dirigiu, ou o “Expresso da Meia Noite” e “Taxi Driver”.

Já a cantora e compositora brasileira Maria Gadú volta a Portugal a partir do Misty Fest, no âmbito da tour “Pelle”, em que se apresenta em palco apenas com “guitarra e violão”, com concertos em Lisboa, Coimbra e Porto.

No festival, participam também Maria de Medeiros e Legendary Tigerman, com atuações em Leiria, Ílhavo, Lisboa e Santarém, concerto que encerra o Misty Fest no dia 30 de novembro.

Pelo festival passam ainda nomes como a cantora portuense Maria Mendes, os espanhóis Travis Birds ou o projeto que junta a fadista Lina e Raül Refree, compositor espanhol que assinou a produção do primeiro álbum da cantora catalã Rosalía.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de labfoto via flickr

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.