A ModaLisboa volta a abrir candidaturas para o concurso Sangue Novo, com novos prémios e parcerias têxteis para jovens Designers de Moda. Dirigida a finalistas de cursos superiores e profissionais em Design de Moda, e a jovens Designers de Moda recém-formados, a fase de candidaturas termina a 20 de julho de 2021.

O Sangue Novo é a plataforma da ModaLisboa que desenha sobre a tela mais leve. É, também, a plataforma que pode decidir rasgar a tela e pintar nas paredes, no chão, no ar. Por causa dessa liberdade, dessa frescura e dessa esperança, a Associação ModaLisboa volta a lançar candidaturas para o concurso anual, com a primeira fase em outubro de 2020 e a segunda, e final, em março de 2021, lê-se no site da ModaLisboa.

A última edição da competição de novos talentos foi também terreno fértil de exploração da forma de comunicar moda, com duas apresentações integralmente digitais que abriram portas à inovação, ao diálogo com esferas culturais multimédia e à intersecção de linguagens estéticas. Para além de tudo isto, representou um reforço da importância dos jovens criativos para esta indústria, que desafiam as formas instituídas de pensar e criar Moda.

O júri, composto por Miguel Flor (presidente), Nelly Gonçalves (stylist) e Constança Entrudo (Designer de Moda) selecionará dez projetos que apresentarão em outubro de 2021. Depois do desfile, o painel de jurados anunciará os cinco finalistas que competirão na segunda e última fase do concurso, em março de 2022 — cada um destes jovens Designers receberá um prémio monetário de 1000 euros para o desenvolvimento da nova coleção.

Mas há novidades. Com o objetivo de apoiar os jovens Designers participantes e de estreitar a relação entre criativos e indústria têxtil, a Associação ModaLisboa estabeleceu parcerias com a Tintex Textiles, a Calvelex/Fabrics4Fashion e a Riopele, que disponibilizam aos Designers selecionados materiais para a produção das suas coleções. E há, também, outro incentivo: os vencedores dos Prémios ModaLisboa x Polimoda e ModaLisboa x Tintex Textiles (anunciados em março e descritos abaixo) vão ver a sua coleção no showroom Showpress — agência parceira que apoia os Designers de Moda emergentes — e ter acesso a ferramentas de comunicação e assessoria de imprensa.

Os projetos deverão ser enviados para o e-mail sangue.novo@modalisboa.pt até às 17h00 de 20 de julho de 2021 e o regulamento completo pode ser consultado aqui.

Prémio ModaLisboa em parceria com a Polimoda
O vencedor deste prémio terá a oportunidade de frequentar um Polimoda Master in Fashion Design (com início em outubro de 2022) ou um Polimoda Master in Collection Design (com início em janeiro de 2023), no valor de 28.000 euros, e receberá uma bolsa de 3.500 euros. O Designer deverá apresentar a coleção desenvolvida durante o Master na plataforma Workstation da ModaLisboa, na edição subsequente à data de conclusão do curso.

Prémio ModaLisboa em parceria com a Tintex Textiles
O vencedor poderá fazer uma residência artística de três semanas na Tintex Textiles (em maio ou junho de 2022), onde terá a oportunidade de desenvolver uma coleção-cápsula com materiais Tintex, realizar protótipos, e ficar a conhecer toda a dinâmica da criação das malhas, fiação, confeção, tingimento e acabamento. A coleção desenvolvida será apresentada nas trade fairs internacionais que a Tintex integra e no showroom da empresa. A Tintex oferece também ao Designer premiado: alimentação, estadia, viagens e uma bolsa de 500 euros. O vencedor receberá ainda um prémio monetário de 1.500 euros atribuído pela ModaLisboa para o desenvolvimento de uma nova coleção, a apresentar na plataforma Workstation da ModaLisboa, em outubro de 2022.

Prémio ModaLisboa em parceria com a Showpress
Os vencedores dos prémios ModaLisboa x Polimoda e ModaLisboa x Tintex poderão beneficiar dos serviços de assessoria de imprensa e showroom na agência de comunicação Showpress, durante uma estação.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels