Até dia 20 de janeiro, está a decorrer uma campanha de angariação de fundos para a criação coreográfica Kind of Blue, de Lua Carreira, um tributo ao legado do pintor francês Yves Klein na história da arte e às suas ideias revolucionárias. Esta é uma iniciativa do projeto de dança MoonWalk.Reverse, que faz parte do departamento de dança da recém-formada EmFim – Associação do Artista.

A criação será desenvolvida com base na reflexão pessoal da coreógrafa e bailarina relativamente ao azul e a vários conceitos desenvolvidos pelo artista francês. “O que pretendo com o azul e a obra do pintor Yves Klein centra-se na pesquisa física, através do corpo, de alguns conceitos que o artista desenvolveu na sua abordagem, como, por exemplo, o que é uma zona de sensibilidade pictórica imaterial, o que é o vazio e em que consiste o corpo como pincel vivo”, explica a criadora acerca da ligação entre o trabalho do artista e a dança.

“Tendo em conta estes conceitos, o meu objetivo é construir no corpo humano várias camadas de estados físicos, emocionais e conceptuais. Tudo isto converge na minha reflexão pessoal e interpretação do que significa o pigmento, a cor azul e toda a carga energética que transporta”, acrescenta a coreógrafa sobre este projeto que conta com uma banda sonora especialmente desenvolvida para o espetáculo por Christian Vismara.

Apesar da distância física, esta não é a primeira vez que Lua Carreira e o músico italiano colaboram. “Tive o prazer de compor música para outras duas peças em que a Lua fazia parte do corpo de bailarinos, flattened e Don’t ask, don’t tell. Quando ela me perguntou se queria juntar-me ao projeto não demorei mais do que um segundo a decidir. Ela é uma grande bailarina e uma infinita fonte de inspiração”, elogia o compositor.

“Durante anos trabalhei em faixas para as pistas de dança e que fizessem as pessoas dançar numa discoteca, mas agora o mundo está em pausa. Durante o confinamento comecei a experimentar com novos estilos e géneros musicais, e a explorar uma palete de emoções totalmente nova. É bom para mim continuar a escrever música que faça as pessoas dançar, só que numa pista de dança diferente”, elabora o músico italiano sobre o processo criativo para Kind Of Blue.

Além da banda sonora inédita, o espetáculo reúne uma equipa extremamente diversa com mais de dez pessoas, entre bailarinos intérpretes de várias nacionalidades, um figurinista com background do cenário da moda nacional, uma arquiteta para o projeto cenográfico e a produção da EmFim – Associação do Artista – uma associação cultural, cofundada por Lua Carreira, que pretende ser uma incubadora de projetos artísticos nos departamentos do teatro, dança e audiovisual.

A produção conta já com financiamento parcial da Fundação Calouste Gulbenkian e apoio à cria ção da OPART e dos Estúdios Victor Córdon. O crowdfunding está já em andamento na plataforma PPL, disponível aqui.

Texto por Flávia Brito

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.


Kind of Blue