Ao todo, serão cerca de quinze as comunidades de Leiria que vão usufruir do projeto “Música Omnipresente”. O objetivo principal é o de levar a música aos mais jovens e aumentar a literacia e conhecimentos musicais no concelho. A iniciativa conta chegar a cerca de quatro mil alunos.

É já na próxima segunda-feira, dia 14 de outubro, que o projeto se inicia, estendendo-se até julho de 2020. Um grupo de 13 artistas e programadores de Leiria ficaram encarregues de administrar as sessões, destacando-se, entre eles, Débora Umbelino (Surma), Filipe Rocha (Sean Riley & Slowriders), Gui Garrido (A Porta) e vários músicos dos First Breath After Coma.

Este projeto surge em parceria com o Serra – Espaço Cultural e “vai dar a conhecer diferentes géneros musicais e as funções e ofícios do meio, falar do método de criação e preparar os participantes para o palco e para o público”, como se pode ler em comunicado.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia de Element5 Digital via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.