fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Oeiras Parque alerta para a consciência ambiental através de instalação artística

Criada pelo artista plástico Bruno Costa, a instalação “Waste Wave” retrata uma onda em 3D feita a partir de resíduos plásticos provenientes do centro comercial.

“Waste Wave”. Fotografia via website New In Oeiras

No dia 15 de setembro foi inaugurada uma nova instalação artística, no Piso 2 do Centro Comercial Oeiras Parque. “Waste Wave” foi criada com o objetivo de alertar a comunidade para o uso excessivo do plástico e incentivar a mesma a adotar comportamentos mais sustentáveis.

A obra foi elaborada pelo artista plástico Bruno Costa e retrata uma onda, em efeito 3D, feita a partir de resíduos plásticos recolhidos no Oeiras Parque. “Waste Wave” é mais uma das ações que o centro comercial tem vindo a apresentar com o propósito de sensibilizar os seus visitantes para a importância da sustentabilidade no futuro do nosso planeta. Para a peça foram utilizadas garrafas de plástico, cestos de transporte, vasilhames, plásticos de proteção de vestuário, entre outros resíduos. No total, foram utilizados 89,7 quilos de plástico numa instalação com 8,5 metros.

Ao Oeiras Parque juntou-se a Associação Natureza Portugal - que trabalha em parceria com a World Wide Fund for Nature, uma das maiores e principais organizações de conservação da natureza. “Juntas, prometem estar a construir um futuro onde seja possível garantir uma utilização mais sustentável dos recursos naturais e promover a redução da poluição e do desperdício”.

Por detrás desta iniciativa está o surfista Miguel Blanco, “defensor de um estilo de vida saudável, de práticas ambientais sustentáveis e voz ativa na proteção do ambiente”. O mesmo considera a construção da “Waste Wave” uma oportunidade “para alertar para a redução urgente do uso de plástico no dia-a-dia, e para a reutilização e reciclagem em fim de vida destes materiais”.

Também o artista plástico responsável pela obra, Bruno Costa, tem dedicado o seu trabalho a estes temas, elaborando peças únicas feitas a partir de lixo, “com o intuito de alertar e despertar consciências para a poluição e as suas consequências para o planeta”. Desta forma, o artista plástico recorre à arte para comunicar e sensibilizar o público.

A instalação “Waste Wave” está aberta ao público e pode ser visitada até ao dia 16 de outubro, entre as 10h00 e as 23h00, no Piso 2 do Oeiras Parque.

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

A tua lista de compras
O teu carrinho está vazio.
0