Ofícios de Lisboa é a exposição de fotografia de Henrique Lemos Martins, aluno de fotografia da edição de 2018 do projeto Faísca Gerador, que inaugura já no dia 4 de janeiro na galeria e loja Apaixonarte, em Lisboa.

Nesta exposição fotográfica, o autor propõe-se a elogiar, homenagear e contextualizar a história dos ofícios do século XX que estão em vias de extinção.

Henrique Martins criou este projeto ao aperceber-se de que “a história tende a imortalizar sempre o mesmo tipo de figuras. Estas figuras são, com todo o mérito, pensadores, políticos, desportistas, artistas, médicos ou engenheiros. No entanto, o que igualmente define o tempo são todos aqueles que tendemos a deixar cair no esquecimento, mas que dedicaram toda a sua vida a um ofício fundamental à sociedade, contribuindo de forma ímpar para o progresso. São eles acendedores de lampiões, cortadores de gelo ou mesmo operadores de telefonia.”

O fotógrafo andou, durante vários meses, por diferentes bairros da cidade de Lisboa. Visitou espaços, falou com os artesãos e comerciantes que ia encontrando, recolheu histórias e fotografou. Na exposição Ofícios de Lisboa, dá a conhecer estes rostos, as suas ocupações e os espaços onde trabalham, num conjunto de fotografias e vídeo.

A inauguração da exposição acontece na sexta-feira, dia 4 de janeiro, pelas 18h30, mas pode ser visitada na Apaixonarte (R. Poiais de São Bento, 57) até dia 23 de janeiro. A entrada é livre.

O que é a Faísca Gerador?

A Faísca Gerador é a faísca de criatividade para jovens dos 16 aos 35 anos. É um projeto do Gerador, financiado pelo Programa BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa, que quer dar oportunidade a jovens de aprenderem artes com artistas profissionais, para que se tornem eles os artistas do futuro. Descobre mais aqui.

Esta exposição é um projeto de um aluno da Faísca Gerador e foi concretizada com o apoio do Gerador e do programa BIP-ZIP da Câmara Municipal de Lisboa.
Créditos – Fotografia de Henrique Lemos Martins

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.