As entidades coletivas e artistas em nome individual portugueses e estrangeiros responderam em força à chamada à apresentação de projetos artísticos e culturais, denominado Open Call, no âmbito da Candidatura do Funchal a Capital Europeia da Cultura. No total o Funchal2027 recebeu 139 projetos, oriundos de seis países: Portugal, Espanha, França, Brasil, Alemanha e México. O volume orçamental, da totalidade de projetos, ascende os oito milhões e meio de euros.

A área de intervenção com mais propostas apresentadas é o cruzamento disciplinar, seguido da música e do teatro. 

Recorde-se que o prazo limite para a submissão dos projetos terminou no passado dia 31 de maio. Seguir-se-á o processo de avaliação das propostas. Os resultados serão divulgados após 31 de agosto, data em que o júri multidisciplinar da Open Call do Funchal 2027 deverá concluir a análise dos projetos submetidos.

Toda a informação sobre a open call e a consulta de resultados no site oficial da Candidatura do Funchal 2027 pode ser consultada aqui.

A Candidatura do Funchal a Capital Europeia da Cultura tem o apoio institucional do Governo Regional da Madeira e parcerias com todos os municípios da região. O programa Capital Europeia da Cultura foi criado em 1985. Desde então, revelou-se um importante motor de desenvolvimento económico, social e humano das cidades e regiões abrangidas, assumindo-se como um dos principais programas europeus de desenvolvimento territorial a partir do investimento no setor cultural e criativo.

Sob o lema “Além do mapa, uma cidade de encontros”, o Funchal 2027 tem como ambição agregar no projeto, para além do arquipélago, a sua diáspora e as regiões ultraperiféricas europeias. Na corrida ao título Capital Europeia da Cultura 2027 está o Funchal e mais 10 cidades portuguesas: Ponta Delgada, Faro, Évora, Oeiras, Leiria, Coimbra, Aveiro, Braga, Viana do Castelo e Guarda.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels