A ópera “Parsifal”, de Richard Wagner, em versão de concerto, é levada à cena esta sexta-feira, dia 12 de abril, no Coliseu do Porto, sob a direção do maestro Graeme Jenkins.

O tenor Erin Caves protagoniza “Parsifal”, cujo elenco inclui ainda os cantores líricos Ante Jerkunica, Michael Kraus e Sónia Alcobaça, acompanhados pelo Coro do Teatro Nacional de S. Carlos e a Orquestra Sinfónica Portuguesa. Depois do Porto, “Parsifal”, em versão de concerto, sobe à cena em Lisboa, no Teatro Nacional de S. Carlos (TNSC), no dia 15 deste mês.

Segundo comunicado do TNSC, nestas duas récitas "são apresentados o prelúdio e as intervenções corais da cena do Graal (cena 2) do I ato e o III ato completo, que decorre numa Sexta-feira da Paixão".

O norte-americano Erin Caves regressa a Portugal, depois de ter interpretado Tristão, na ópera "Tristão e Isolda", também de Wagner, em 2017, no TNSC. Outro regresso é o do maestro inglês Graeme Jenkins, que dirigiu as óperas "Peter Grimes", de Benjamin Britten, na temporada de 2916/17 do TNSC, e, nesta temporada, "Alceste", de Gluck, que foi protagonizada por Ana Quintans.

O drama musical em três atos, de Richard Wagner foi estreado em Bayreuth, na Alemanha, no teatro de ópera do compositor (Festspielhaus), em julho de 1882.O compsoitor alemão morreu no ano seguinte, aos 69 anos, em Veneza.

Em Portugal, a estreia teve lugar no TNSC, em janeiro de 1921, "com uma receção muito positiva do público e da crítica“.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de NickVG via flickr

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.