Os Estrada de Santiago lançaram o seu primeiro álbum/CD de originais "Estrada de Santiago". A apresentação deu-se em Almada na noite de 20 de Julho. Este trabalho musical tem influências de pop, rock e jazz, envolvendo instrumentos como guitarra portuguesa, flauta e gaita de foles. Canta-se em português e as sonoridades são animadas e modernas. A alma? Nitidamente lusa.

A banda é constituída por Bruno Coutinho (voz), João Pedro Germano (flautas), Hugo Edgar (guitarra portuguesa), João Pereira (baixo), Rui Silveiro (bateria) e João Mareco (viola).

Quando eram miúdos, os elementos da banda já se haviam juntado, chegando a vencer um concurso de novos talentos. Porém, porque a vida acontece, o projeto ficou suspenso durante duas décadas. A amizade perdurou. Há cerca de dois anos, resolveram juntar-se novamente. Voltaram a trabalhar, a ensaiar, para finalmente ser gravado o álbum “Estrada de Santiago”.

Embora custe a acreditar, apenas um dos elementos da banda é músico profissional – Hugo Edgar (guitarra portuguesa). Há um professor de educação física – que remete para o grande Pedro Barroso, também professor de educação física – um arquiteto, um topógrafo, um trabalhador camarário e um diretor de um museu. Desta diversidade de saberes, emaranhada num saber comum que é o da música, nasce um álbum que podes ouvir aqui.

A capa do CD tem uma fotografia de Miguel Claro, astrofotógrafo. Vê o seu trabalho aqui.

Texto de Maria Costa

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.