O Passa a Palavra regressa com a sua 3ªedição, de 15 a 18 de outubro, em Oeiras.
O festival parte da Fábrica da Pólvora para o centro histórico com sessões de contos, oficinas para toda a família, conversas, cinema e até jantares narrados, com entrada gratuita.

Conta com a presença de mais de 30 artistas ligados à palavra e à narração, dos quais contadores de histórias, mediadores de leitura, escritores e outros profissionais ligados ao ofício de narrar.

Cartaz do Festival

Nomes como Paula Carballeira, Patrick Mohr, Rodorín, Manuel Dias, Luís Carmelo, Celina da Piedade, Jorge Serafim, Sofia Maul e Antonella Giraldi, fazem parte da programação, nacional e internacional do festival.

Envolvendo o centro histórico de Oeiras, as atividades e espetáculos passarão por diferentes locais, nomeadamente, a Galeria Verney, o Palácio do Egipto, o Mercado Municipal, a Capela de Santo Amaro e ainda as lojas e restaurantes locais.
Para que seja possível acompanhar o Passa a Palavra de perto, o festival permite ainda o acesso a uma janela streaming aberta em algumas iniciativas, através do seu canal do YouTube e da página no Facebook. 

Por entre os diversos momentos de espetáculo destacam-se o "É tão grande o Alentejo", no dia 15 de outubro, com Celina da Piedade e Jorge Serafim. Será "Uma noite cúmplice de histórias contadas por Jorge Serafim e cantadas por Celina da Piedade, celebrando o Alentejo", como é possível ler no comunicado do festival.

"Ouvir Juntos", é também um dos momentos altos do festival. Resulta em manhãs, tardes e noites com narradores que "trazem histórias de longe e de perto", como Paula Carballeira (Galiza), Patrick Mohr (Suíça), Rodorín (Espanha), Antonella Gilardi (Itália), os portugueses António Fontinha, Luís Carmelo, Jorge Serafim, Ana Lage, Bru Junça e Sofia Maul, os brasileiros Thomas Bakk, Tâmara Bezerra, Benita Prieto e Trovadoras Itinerantes. Apresentam-se a solo ou a pares, neste último formato elogiando o tradicional “contar à portuguesa”. 

E porque a linguagem e a arte do olhar também envolvem o festival, a estreia do documentário "Conta-me lá isso melhor", do realizador Gonçalo Oliveira, assinala o momento de "Histórias na tela".

O "Ofício da Palavra" irá prolongar-se pelo fim-de-semana, com um ciclo de conversas dedicado a quem "faz da palavra o seu ofício". Os convidados e convidadas desta edição são: Paula Carballeira, Patrick Mohr, Celina da Piedade, Domingos Morais, Antonio Parreño, Manuel Dias, Ana Sofia Paiva, Paulo Correia, Raquel Lima e Virgínia Dias.

Com um momento dedicado para toda a famíla, "Descobrir Juntos - oficinas para famílias", fará com que os pequenos e graúdos coloquem mãos à obra, juntamente com Ana Pêgo, Leonor Pêgo, Marina Palácio, Tiago Rêgo, Klement Tsamba e Agora Teatro. 

Os "Jantares narrados", o "Palavreado na vila" e as "Palavras Para o Século XXI" permitirão um maior contacto com a comunidade e todos os visitantes de Oeiras, através de jantares nos restaurantes aderentes do centro histórico; mimos, canções, quadras, contos ao balcão ou até convidados a entrar no Mercadinho dos Ofícios do Livro, instalado no Mercado Municipal e ainda o acesso a textos exclusivos do escritor Gonçalo M. Tavares, que se junta a esta celebração. 

É no domingo, 18 de outubro, que decorrerá o "Espetáculo de encerramento com Manuel Dias e Cramol", composto por um encontro de marionetas de Manuel Dias e as vozes e harmonias das Cramol.
Consulta toda a programação do festival aqui.

A entrada é gratuita mas limitada. Todas as atividades que se realizarem em espaços cobertos são de inscrição obrigatória. Deverás enviar a mesma para o e-mail insc.passapalavra@gmail.com.

A coprodução do Município de Oeiras e da Contabandistas de Estórias Associação Cultural, em parceria com a Chão Nosso Crl, uniram-se para que o Passa a Palavra transformasse "um trabalho de mais de uma década de intervenção com as Bibliotecas Municipais de Oeiras, na área da narração oral e da promoção da leitura.", segundo o comunicado do festival.

O Gerador é parceiro do Passa a Palavra.
Texto de Patrícia Silva
Fotografia cortesia do Festival Passa a Palavra

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.