A companhia de teatro A Turma vai apresentar, em estreia absoluta em Portugal, a peça “Pátria”, escrita pelo brasileiro Bernardo Carvalho e encenada por Manuel Tur. A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão vai ser o primeiro espaço a receber a obra, nos próximos dias 29 e 30 de novembro.

“Pátria” é um monólogo de um homem que conta a sua história pessoal enquanto refugiado num país estrangeiro e que acaba preso por um crime que afinal pode não ter cometido. A personagem “conta a história desse homem expatriado e injustiçado (ou assim nos faz crer), até que um estrangeiro lhe bate à porta, pronto a contradizê-lo”, pode ler-se em comunicado. E a narrativa assim se desenvolve.

A peça de teatro segue em digressão. Depois da Casa das Artes, Vila Nova de Gaia recebe o espetáculo no Armazém 22, a 6 e 7 de dezembro deste ano. Já em 2020, será a vez de Lisboa: o Teatro Taborda apresenta “Pátria” a 8 e 9 de fevereiro.

A obra é uma cooprodução de A Turma e Casa das Artes de Famalicão e conta com encenação de Manuel Tur e interpretação de Pedro Almendra.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia de ensaio

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.