A cada bimestre o Gerador elogia o trabalho de um autor ou entidade ligada à cultura portuguesa com um Juízo Gerador. São sempre seis as categorias por ano e, em Novembro e Dezembro, é altura de identificarmos quem é o Herói Gerador do ano.

Este bimestre elogiamos o trabalho de Paulo Lima, o antropólogo alentejano que tem conquistado a UNESCO com candidaturas como a do fado, cante alentejano e a manufactura de chocalhos a Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Paulo Lima tem dedicado boa parte da sua vida profissional a investigar a cultura portuguesa e, mais recentemente, tornou-se um dos grandes responsáveis pelo reconhecimento, por parte da UNESCO, do nosso património cultural imaterial. Primeiro em 2011 com o fado, em 2014 com o cante alentejano e, no ano seguinte, com a arte chocalheira, tema que estudava há vários anos.

Em 2017 apoiou ainda Cabo Verde na elaboração da candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade.

Paulo Lima é, por isso, uma reserva da lusofonia e, portanto, o nosso Herói Gerador de 2018.

Sabe mais sobre os Juízos Gerador aqui.

Créditos - Ilustração de Hugo Henriques