Estaleiro” é o novo single de Pedro Mafama, que antecipa a chegada do álbum de estreia Por Este Rio Abaixo, prevista para o primeiro semestre de 2021. A nova música encontra-se já disponível em todas as plataformas digitais, e revela o início de uma nova viagem para o artista, com o "desejo de andar para a frente, ancorado em memórias" de deambulações pela cidade de Lisboa.

A letra de "Estaleiro" é inspirada em recordações vividas pelo artista, partilhadas por intervenientes que cruzaram a sua vida ao longo dos anos, e marcaram as suas origens. "O refrão foi feito a pensar num ex-contínuo do meu liceu antigo, a Escola Secundária Gil Vicente, que foi combatente da guerra colonial e, traumatizado por aquilo que viu e viveu em jovem, passa ainda hoje os dias a deambular sozinho por Alfama, a ver cruzeiros a chegar e a partir", confessa Pedro Mafama.

A música conta com os produtores Beatoven e Pedro Da Linha, que resgatam elementos da música tradicional portuguesa, africana e magrebina, conferindo uma nova essência ao single. Segundo o músico, "as percussões são de entre o Minho e Angola, enquanto as guitarras estão algures entre Lisboa e Tânger". O resultado dessa influência cultural e mistura de sonoridades, transporta-nos para as origens da cidade e dos seus habitantes.

Já a realização do vídeo que acompanha o novo single, ficou a cargo de André Caniços, que recupera uma mais recente versão dos cenários do Teatro de Revista e do cinema clássico português e egípcio.

Levados pela narrativa singular de Pedro Mafama, que se cruza com as diversas culturas que habitam as ruas da cidade, observamos que o "Estaleiro" abre caminho para um novo projeto. Por Este Rio Abaixo é o disco de estreia do músico, numa fusão de referências eletrónicas e urbanas, com a tradição musical portuguesa. A contemporaneidade faz-se acompanhar da tradição para fazer renascer o legado da portugalidade para o presente.

O álbum de estreia de Pedro Mafama, Por Este Rio Abaixo, é uma clara referência às suas origens

"Este disco baseia-se no clássico de Fausto Bordalo Dias (‘Por Este Rio Acima’), prestando-lhe homenagem ao mesmo tempo que lhe dá uma ligeira carga de ombro para seguir o seu próprio caminho e apontar na direção contrária. O meu álbum aponta para baixo, porque a pesquisa sonora está direcionada sobretudo para sul, estabelecendo pontes entre a música portuguesa e as sonoridades dos nossos parentes distantes árabes, assim como com a música africana que nos rodeia e que em tantos momentos da história influenciou a nossa tradição musical", afirma Pedro Mafama.

Há um fascínio pela tragédia e pelo fado, que se apodera da alma portuguesa. É com esse registo que Pedro Mafama promete estrear o novo projeto Por Este Rio Abaixo, ao "som de vozes em auto-tune, pads electrónicos, percussões digitais e baixos que fazem tremer os vidros das casas antigas da Graça, Mouraria e Alfama", e que remetem as novas gerações para um passado de história e união cultural.

Texto de Ana Mendes
Fotografias disponíveis na página de facebook Pedro Mafama

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.