A criação de A.ves – “Sonho Que Não Se Pode Quebrar E Não Se Pode Quebrar E Não Se…”- vai estar em disponível de 22 a 24 de outubro na Rua das Gaivotas 6.

A criação e interpretação da peça é de A.ves, com co-criação e também interpretação de Leonor Lopes, Patrícia Alves e Francisco Arez. “Sonho Que Não Se Pode Quebrar E Não Se Pode Quebrar E Não Se…” parte da obra de Henri Rousseau “The Dream”. A partir deste quadro, na performance “executam-se tarefas sobre e/que incentivam ao son(h)o”, lê-se em sinopse.

““Imparcialmente” assistimos ao sonho de Yadwigha” – a amante do artista Henri Rousseau, representada na obra de inspiração.

“The Dream”, Henri Rousseau

“Yadwiga é, e sonha,
vive no subconsciente acompanhada, e alimenta-o,
Ela não é sobre concretização, orgulho, medo e inveja.
A cobra é fundadora e intemporal, tem cores vibrantes.
Pigmentos
Sonha a preto e branco
Onde é que está o teu?”

Pode adquiri os bilhetes para as sessões aqui.

Local: Rua das Gaivotas 6, Lisboa
Horário: 22 a 23 de outubro às 21h30; 24 de outubro às 16h
Preço: 5€
Fotografia de divulgação da performance, via A.VES