Audrius Stonys, um dos mestres incontornáveis do cinema documental poético lituano, terá uma retrospectiva no Porto/Post/Doc deste ano. O realizador, reconhecido internacionalmente por trabalhos como “Earth of the Blind”, “Antigravitation” e “Uku Kai”, terá uma retrospectiva que inclui não só estes trabalhos icónicos da sua filmografia, mas também “Baltic Way”, um filme assinado em conjunto com o documentarista Arūnas Matelis – e que marca a viragem (cinematográfica e social) da realidade lituana pós-soviética -, “Alone” e “Woman And The Glacier”. O realizador estará presente em Portugal para a apresentação do programa – criado em parceria com o Lithuanian Film Centre – e para apresentação de uma carta branca, programada por Stonys, a partir da obra de Jonas Mekas (o pai dos filmes-diário e uma das grandes referências da poesia cinematográfica lituana, que faleceu no início deste ano).

Este foi o primeiro avanço da programação de 2019 do festival do cinema do real, que será dedicada, este ano, à reflexão sobre identidades, e que decorrerá de 23 de Novembro a 1 de Dezembro, no Teatro Municipal do Porto – Rivoli e no Cinema Passos Manuel.

 

Texto de Teresa Vieira
Imagem de “Antigravitation” (1995, Audrius Stonys)

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.