O MEXE – Encontro Internacional de Arte e Comunidade está de volta para a 5ª edição, a decorrer entre os dias 16 e 22 de Setembro na cidade do Porto.

Em colaboração com 34 entidades parceiras, a 5ª edição do MEXE irá acolher mais de 400 participantes oriundos de 6 países, num total de 70 acções em 22 espaços espalhados pelo Porto. Paralelamente, mais de 100 investigadores irão, numa co-organização com 9 universidades portuguesas e estrangeiras, participar na 3ª edição do EIRPAC (Encontro Internacional de Reflexão sobre Práticas Artísticas Comunitárias), a decorrer nos dias 16, 17 e 18 de Setembro, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, e centrando-se no tema “A busca do Comum – contributos das práticas artísticas para outros futuros possíveis”.

A edição deste ano propõe uma abordagem ao tema “O Comum” na actualidade, intensificando as propostas artísticas para espaços públicos e não convencionais da cidade do Porto. A maior parte da programação mantém-se com acesso gratuito, à qual se juntam as iniciativas Mexe Casa, uma proposta de vivência de proximidade para o público não morador no Porto que inclui alojamento, alimentação e acesso à programação, o Mexe Praça, que junta no Jardim de São Lázaro os protagonistas da semana com uma proposta musical nocturna diária e a produção de uma fanzine, e ainda uma Parada de fecho da edição, que envolverá todos os grupos participantes.

A sessão de abertura tem data marcada para o dia 16 de Setembro, às 17h45, no Jardim de São Lázaro, seguida de uma conversa com Vladimir Safatle (Universidade de São Paulo), com o título Um Comum para além do humano. Podes consultar o programa completo do MEXE aqui.

 

Texto de Francisco Cambim
Cartaz disponível via site do MEXE – Encontro Internacional de Arte e Comunidade
O Gerador é parceiro do MEXE – Encontro Internacional de Arte e Comunidade

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.