O Programa de Apoio a Museus da Rede Portuguesa de Museus (ProMuseus) vai apoiar 59 projetos das 101 candidaturas, de 66 museus, a concurso. O investimento global será de 1,8 milhões de euros.

De acordo com o Ministério da Cultura, a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) vai comparticipar o financiamento com 1,02 milhões de euros, ficando a diferença a cargo dos proponentes dos projetos, membros da rede, sobretudo autarquias, mas também fundações, igrejas, associações e misericórdias. Este ano foram definidas como áreas preferenciais a apoiar parcerias, transformação digital, estudo, investigação e exposições, divulgação, mediação e educação.

Saliente-se ainda que a ProMuseus, em 2019, apoiou 45 projetos, de 38 museus, com cerca de um milhão de euros, sendo que cerca de 600 mil euros foram comparticipados pela DGPC.

O ProMuseus tem por objetivo incentivar a qualificação dos museus portugueses, contribuir para a preservação do património cultural e melhorar a prestação de serviços ao público. Atualmente, destina-se a todos os museus da Rede Portuguesa de Museus, à exceção dos museus dependentes da administração central.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Pexels