No passado dia 22 de março, Dia Mundial da Água, foi inaugurada a primeira ação do movimento #Purify by ECO, na Doca dos Olivais, junto ao Oceanário de Lisboa.

O mais recente movimento pela sustentabilidade dos oceanos, impulsionado pela marca ECO – Água Filtrada em parceria com o Oceanário de Lisboa e com a especial participação dos Skeleton Sea, desenvolveu uma instalação artística com mais de 50 metros produzida com 12 toneladas de garrafas descartáveis usadas, entregues pela população de norte a sul do país no Pingo Doce e rede ECO-Escolas.

O movimento nasceu com o intuito de "alertar os portugueses para o grave problema ambiental causado pelo uso excessivo de plástico descartável e mobilizá-los para a escolha de produtos amigos do ambiente, lembrando que anualmente 6 mil milhões de garrafas PET são lançadas aos oceanos", lê-se em comunicado.

A direção artística dos Skeleton Sea, um grupo de artistas e surfistas com forte ligação ao mar, representado por Xandi Kreuzeder, deu forma ao que o movimento pretendia afirmar. Atendendo à realidade pandémica atual os portuguesxs tiveram um papel ativo e determinante que, tal como se lê em comunicado, se foi refletindo com a preocupação na entrega das garrafas de descartáveis nos diferentes pontos de recolha.

André Paiva, Co-fundador da ECO, afirma ainda que “o volume de recolhas alcançado para o lançamento do movimento e desta peça superou as nossas expetativas, fazendo-nos crer que esta pandemia não travou totalmente a mensagem ambiental. A ECO, enquanto marca que tem um propósito ambiental, acredita que pode ajudar a mudar mentalidades e isso levou-nos a criar o #PURIFY, um movimento que ambiciona ser maior do que a própria marca, intervindo de forma ativa na comunidade, através de ações de consciencialização ambiental e mobilizando a população para a adoção de hábitos de consumo mais sustentáveis".

Recorrendo à arte como "forma poderosa" de espalhar mensagem, o primeiro passo foi criar a peça que entraria assim no roteiro de arte urbana e, paralelamente, pensar de forma urgente a necessidade de mudança.

Texto de Patrícia Silva
Fotografia da cortesia da Eco #Purify

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.