Até dia 20 de Junho, quinta-feira, podes concorrer ao passatempo da Fundação EDP que te poderá pôr a criar uma obra de arte pública para o Município do Fundão.

O programa Arte Pública Fundação EDP lançou no último dia 30 de Maio o passatempo Ilustra a Tua Terra que pretende dar oportunidade a qualquer pessoa de participar no programa Arte Pública Fundação EDP, que integra o projeto Fund’Arte, desenvolvido em parceria com a Câmara Municipal do Fundãoa decorrer no segundo semestre de 2019. 

Até dia 20 de junho, os candidatos devem preencher o formulário de candidatura disponível aqui, apresentando um trabalho ilustrado sobre o tema Ilustra a tua Terra. O júri do passatempo, composto por João Pinharanda, curador do programa Arte Pública Fundação EDP e por representantes da Câmara Municipal do Fundão, das Produções Fixes e do Gerador, entidades parceiras neste projeto, escolherá o vencedor que será anunciado no dia 28 de junho. 

O vencedor do passatempo receberá 500 euros para executar uma obra de arte pública no Fundão, sendo esta previamente acordada entre o artista, o curador e a comunidade local. O artista escolhido terá ainda oportunidade de trabalhar com Nuno Cunha, artista plástico e Guga Liuzzi, também artista plástico, que iniciou a sua carreira no Rio de Janeiro, em 2000, e desde aí experimentou vários estilos nas artes plásticas e de rua.

O programa Arte Pública Fundação EDP decorre em quatro fases: num primeiro momento são realizadas assembleias de apresentação do projeto à população que pressupõem uma conversa com os artistas. Posteriormente são apresentadas as propostas dos artistas para as suas intervenções. De seguida, os artistas realizam as intervenções em espaço público e, numa última fase, decorrem as visitas guiadas às obras. 

O programa Arte Pública Fundação EDP, iniciado em 2015, utiliza a arte como instrumento de inclusão social, estando já presente em 40 localidades – no Algarve, Alentejo, Ribatejo, Médio Tejo, Trás-os-Montes e Minho – com obras de mais de 35 artistas como Xana, Alexandre Farto aka Vhils, Mariana A Miserável ou Manuel João Vieira. 

Créditos – Obra S Titulo, Samina e Alecrim que integra o programa Arte Pública Fundação EDP em Assentiz. Foto de Paulo Alexandrino