No dia 12 de Maio, a Fundação José Saramago comunicou a reabertura. Esta realizou-se seis dias depois, apresentando um novo horário, das 11h00 às 17h00, que se estenderá atá ao final do mesmo mês, quando a situação será reavaliada.

No mesmo comunicado, a Fundação apresenta as medidas de segurança que serão adoptadas, nomeadamente a proibição de entrada de grupos com mais de cinco pessoas, a obrigatoriedade do uso de máscara dentro do edifício, a distância, entre os visitantes, de 2 metros, a preferência do pagamento por multibanco, entre outras.

Também no dia 18 de Maio, foi anunciada a nova edição espanhola da obra Ensaio sobre a cegueira, da colecção Debols!llo, por parte da editora Alfaguara / Penguim Random House, e a apresentação, do primeiro audio-livro desta, em Itália.

A Fundação José Saramago é uma homenagem viva ao escritor, partilhando " a bagagem que ele havia acumulado ao longo de tantos anos, os pensamentos pensados e vividos, as palavras que cada dia se empenham em sair das páginas dos livros para se instalarem em universos pessoais e serem bússolas para tantos, a acção cívica e política de alguém que, sendo de letras e sem deixar de o ser, transcendeu o âmbito literário para se converter numa referência moral em todo o mundo", lê-se na apresentação da mesma. 

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Fotografia disponível na página de Facebook da Fundação José Saramago