Os resultados dos filmes vencedores das categorias a concurso no Bang Awards – Festival Internacional de Cinema de Animação, que decorreu a 12 e 13 de outubro em Torres Vedras, já são conhecidos. A entrega de prémios aconteceu no dia 14 de outubro às 16h na sala Bang venue. A obra que arrecadou a classificação de Melhor Filme do Festival, o Grande Prémio dos Bang Awards, foi “The Stained Club”, uma produção francesa da autoria de Mélanie Lopez, Simon Boucly, Marie Ciesielski, Alice Jaunet, Chan Stéphie Peang e Béatrice Viquier.

Nas restantes categorias, “Mite-y Beard” foi considerado o Melhor Filme Universitário, “In a Heartbeat” venceu o prémio de Melhor Filme Online e as restantes vitórias foram portuguesas. O vídeo oficial da música de Miguel Araújo “AXL ROSE”, de Bruno Caetano, conquistou o lugar de vencedor da Votação Online. A canção integra o álbum “Giesta” do artista português, editado em 2017.

Também um galardoado de âmbito nacional, Paulo Patrício arrecadou a posição de Melhor Argumento com “Surpresa”, enquanto que o primeiro lugar na categoria de Melhor Banda Sonora foi atribuído ao filme “A Sonolenta”, da autoria de Marta Monteiro.

Além dos prémios entregues aos vencedores das várias categorias trazidas pela edição deste ano dos Bang Awards, foram ainda entregues várias Menções Honrosas a obras que, embora não tenham atingido o primeiro lugar na classificação, se distinguiram das restantes a concurso. Entre estes encontra-se “Insone”, uma produção brasileira de Débora Pinto e Breno Guerreiro, que conquistou uma Menção Honrosa por meio da Votação Online.

“Sonder” conseguiu uma menção Honrosa na categoria de Melhor Filme Online e a produção portuguesa premiada nesta edição, “A Sonolenta”, mereceu ainda uma Menção Honrosa na luta pelo Grande Prémio do festival com entrada livre que trouxe o cinema à rua em Torres Vedras.

 

Texto de Carolina Gaspar
O Gerador é parceiro do Bang Awards

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.