O dia 11 de outubro foi o dia escolhido por Samuel Martins Coelho para a edição do seu novo disco autobiográfico “Partita Para Violino Solo”. Em comunicado pode ler-se que “a experiência da viagem realizada e toda a sucessão de acontecimentos interiores despoletados começaram a materializar-se numa série de composições profundamente ligadas a um estado solitário de introspeção, de consciencialização de processos mentais, de transformação, de desconstrução e de reorganização do ser”.

Videoclipe do primeiro single de Samuel Martins Coelho em“Partita Para Violino Solo”

Samuel Martins Coelho nasceu em 1980 e o seu percurso artístico conta já com projetos como EL RUPE (trio de jazz fusion), colaborando também nos projetos Space Ensemble, Mods Colective, Escola do Rock de Coura, Estranhofone, Gnomon, Hot Air Baloon e Atic. Mais recentemente, tem colaborado como diretor musical, compositor e instrumentista com companhias de teatro, como Teatro Experimental do Porto, Máquina Agradável, Teatro Bruto e Comédias do Minho.

Estudou violino na Escola Profissional Artística do Vale do Ave e na Academia Nacional Superior de Orquestra, em Lisboa. Participou no II Curso de Formação de Animadores Musicais do Serviço Educativo da Casa da Música e realizou também workshops na Casa da Música.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia de Pedro Teixeira

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui