fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

São Miguel recebe festival que casa a programação cultural com a sensibilização ecológica

Eco Festival Azores Burning Summer decorre de 24 a 27 de agosto, na Praia dos Moinhos, em São Miguel, nos Açores. Além de concertos, haverá iniciativas de cariz social e ecológico.

Fotografia de Azores Burning Summer Festival via Facebook

A Praia dos Moinhos, em São Miguel recebe, de 24 a 27 de agosto, o Eco Festival Azores Burning Summer, um evento que quer ir além da música e distinguir-se pela articulação entre a programação cultural e a sensibilização ecológica. De acordo com a organização, cerca de 60 artistas regionais, nacionais e internacionais sobem, todos os anos, aos palcos deste festival, que acontece desde 2015.

“Música, cinema, debates, ecodesign, veículos elétricos, land art, saúde e ações comunitárias são os ingredientes que fazem deste eco festival a combinação perfeita entre a natureza e o seu público”, anunciam os responsáveis, em comunicado.

No que diz respeito à programação cultural, este ano estão em destaque as seguintes participações: Tito Paris, The Black Mamba, Victor Zamora & Emilio Moret, Throes + The Shine, David & Miguel e DJ Adrian Sherwood. E além destes concertos, ao longo deste festival, as tardes são preenchidas com atuação de diversos músicos e DJs, sendo esta programação de acesso livre.

De acordo com a organização, anualmente, cerca de 60 artistas sobem aos três palcos deste festival e “juntos contribuem para a definição da identidade musical do evento, que transpira world music, soul, jazz, dub, funk e outros estilos da música negra”. De notar também que a direção musical está a cargo de Adrian Sherwood, anfitrião e DJ residente, e Filipe Tavares, fundador e diretor do Festival.

A programação cultural inclui ainda duas noites de cinema. “O programa cultural pretende abrir portas à reflexão artística através do Cinema na Praia, com duas noites de cinema ao ar livre na esplanada do Moinho Terrace Café na praia dos Moinhos, que vai contar com os filmes Heal de Kelly Noonan Gores, Meu Pescador Meu Velho de Amaya Sumpsi e Jonah de Kibwe Tavares”, detalha a organização.

Já quanto à ecologia, é importante explicar que este festival foi distinguido este ano como o mais sustentável de Portugal na 6.ª edição do Iberian Festival Awards. “O festival não pretende ser um evento musical de massas, mas sim um evento de acesso equilibrado, com reduzido impacto ambiental, que valoriza a qualidade da experiência por parte do público e a sua relação com a natureza envolvente que contribui para a afirmação dos Açores enquanto destino turístico sustentável”, salientam os responsáveis.

Neste âmbito, estão previstas três iniciativas: o Eco Market, uma feira de ecodesign e produtos naturais; a Expo Veículos Elétricos, uma exposição de marcas e modelos de veículos elétricos e híbridos; e a Eco Talks, debates com temáticas ambientais e de sustentabilidade.

O bilhete diário custa 15 a 20 euros e o passe geral 25 euros, podendo ser adquiridos online. Também online está disponível a programação na íntegra.

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

A tua lista de compras
O teu carrinho está vazio.
0