“Se a quarentena fosse uma dança…” é o mote lançado, pelo Teatro Municipal Baltazar Dias, a sete bailarinos/as madeirenses. Cada um gravará um vídeo, nas próprias tábuas do Teatro, com duração entre 5 e 10 minutos, o qual será partilhado no Facebook, no Instagram e no Youtube, entre 13 e 19 de Maio, às 21h00.

“O objetivo é continuar a incentivar a criação artística, lançando o desafio para que os artistas continuem a criar arte durante este período de crise em que as salas de espetáculo estão vedadas ao público, remunerando os mesmos pelo seu trabalho”, lê-se no comunicado de imprensa.

Entre os bailarinos estão Marco Olival, Beatriz Graterol, Juliana Andrade, Vitor Hugo Afonso, Margarida Menezes, Carolina Carloto e Leandro Rodrigues, sendo esta a ordem de apresentação.

Texto de Raquel Botelho Rodrigues

Fotografia disponível na página de Facebook do TMBD