A Fundação Serralves uniu-se com vários municípios para acolherem diferentes exposições por ocasião do 30.º aniversário da fundação. Em comunicado, pode ler-se que “são dez os espaços culturais em concelhos portugueses que recebem diferentes exposições concebidas com base em obras da coleção de Serralves. Esta coleção é uma das mais importantes coleções de arte contemporânea a nível mundial e reuniu ao longo de três décadas obras de alguns dos mais marcantes artistas contemporâneos nacionais e estrangeiros”.

Este programa distribui-se, assim, por diferentes cidades. O objetivo passa também de contribuir para “o apoio efetivo à descentralização da oferta cultural”. As exposições distribuem-se de norte a sul do país, passando por locais como Abrantes, Porto, Chaves, Faro, Matosinhos, Ponte de Lima, Espinho, Matosinhos e Caminha.

“Estas iniciativas integram-se num programa de exposições e apresentação de obras da Coleção de Serralves especificamente selecionadas para os locais de exposição com o objetivo de tornar este acervo acessível a públicos diversificados de todas as regiões do país”, pode ler-se.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia via site da Fundação Serralves

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.