A região de Cartaxo prepara-se para acolher a 1ª edição do SoundFlower Fest. O festival terá lugar na freguesia de Valada, nos dias 11 e 12 de setembro, e possuirá como base a sustentabilidade ambiental, a música independente e a experiência de liberdade e igualdade.

Face a estes princípios base, o evento tem como objetivo aproximar pessoas, músicas, sons, paisagens e o planeta com os seres vivos e criar uma experiência total de sentidos. Assim sendo, e de forma a nenhum gosto musical ficar excluído, o cartaz será composto por bandas nacionais e internacionais que atuarão em duas zonas distintas. Por um lado, Main Stage, artistas nacionais que abrangerão vários géneros musicais. Por outro lado, Sillent Disco, uma seleção dos melhores DJs de musica independente numa versão silent disco, em que existirão sempre dois projetos a tocar ao mesmo tempo e a pessoa escolhe quem pretende ouvir.

Algumas das primeiras confirmações para o SoundFlower Fest são: Capitão Fausto, Cláudia Pascoal, D’Alva, Filipe Karlsson, os norte-americanos Hercules and Love Affair, Luís Trigacheiro e Sean Riley and The Slowriders.

Capitão Fausto - Boa Memória

Para uma experiência total com a natureza o recinto possuirá ainda uma zona de campismo. Posteriormente, o Rio Tejo será palco de atividades náuticas, promovidas por parceiros do Festival.

Face à chegada da covid-19 a Portugal, o SoundFlower Fest vai reger-se dentro pelas regras impostas pela Direção Geral de Saúde. Assim sendo, a entrada no festival será feita mediante a apresentação de certificado digital, obtido através de vacinação completa, recuperação completa ou teste negativo. Os lugares serão atribuídos por ordem de chegada.

Saliente-se que os bilhetes para o festival estão já à venda desde a passada sexta-feira, 6 de agosto, em see ticketsbol, e nos locais habituais. O preço é de 30 euros para o bilhete diário e de 50 euros para o passe de dois dias.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Unsplash