O Pavilhão Rosa Mota, antigo Palácio de Cristal do Porto, está a três meses de concluir as obras a que foi submetido recentemente. Apresentar-se-á como Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, e a programação já se começa a compor.

O projeto de intervenção no Pavilhão Rosa Mota foi pensado pelo Círculo de Cristal, que garante a preservação da arquitetura do edifício. Na apresentação do projeto enviada por comunicado de imprensa, são apresentados o Centro de Congressos, localizado no piso -1, e ainda a zona dedicada a eventos que inclui um auditório em anfiteatro, quatro salas planas e uma zona de exposição.

A par da preservação do edifício estiveram preocupações como a diminuição de consumos e a garantia de uma boa acústica, fator “decisivo para o sucesso dos eventos”. Entre os eventos já confirmados para a nova arena da cidade do Porto estão o WordCamp 2020, um evento dedicado ao WordPress que irá decorrer entre 4 e 6 de junho de 2020, e os concertos de Amar Amália, Alexandre Pires e Marília Mendonça. 

O espaço vai acolher eventos culturais, desportivos e empresariais de grandes dimensões 

O Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota tem capacidade para receber oito mil pessoas e o anfiteatro 500. As bancadas amovíveis da sala de espetáculos permite-lhe uma versatilidade maior ao programar, uma vez que espera receber eventos de diferentes géneros e tipologias.

O projeto da Super Bock Arena surgiu de uma negociação entre o executivo de Rui Moreira e a sociedade Círculo de Cristal. A proposta votada ainda em 2018 previa um custo de oito milhões de euros ao consórcio Porto Cem Por Cento. De acordo com um artigo de Mariana Correia Pinto no jornal Público, publicado a 23 de novembro de 2018, a Câmara Municipal do Porto garantiu que o edifício do arquiteto Carlos Loureiro não visse alterada “a designação formal ou corrente do equipamento” nem aceitou que se retirasse o nome da atleta portuense do nome da arena. 

Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota abre as portas em outubro e promete uma sala de espetáculos e eventos renovada na cidade do Porto. 

Texto de Carolina Franco
Fotografia de