Tape Junk, projeto de João Correia, está de volta às edições discográficas com Couch Pop, álbum gravado pelo músico de forma caseira, no conforto da sua própria casa, e que estará disponível em cassete e plataformas digitais a partir de 1 de março.

Em comunicado, o músico português refere que Couch Pop “foi escrito sem pressas, fora do ambiente urbano e as músicas estiveram em constante mutação mesmo até ao dia do começo das misturas”. Os instrumentos foram todos registados pelo mentor da banda que contou, no entanto, com a participação de António Vasconcelos Dias (Tape Junk, Benjamim, Golden Slumbers) nos sintetizadores. Harry Nilsson, Sly and The Family Stone, Shuggie Ottis e Paul McCartney foram alguns dos nomes que inspiraram o músico ao longo do período de criação deste seu terceiro trabalho de originais, composto por nove temas.

“Cranberry and Thyme” é o single de apresentação do novo disco e conta com vídeo de João Paulo Feliciano.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de Cláudia Manuel Silva

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.