O Teatro da Rainha, companhia de teatro residente das Caldas da Rainha, retoma atividade no dia 2 de junho com o ciclo de poesia “Diga 33”.

Este ciclo de poesia, que ao longo dos últimos três anos já apresentou dezenas de poetas, autores e editores, regressa agora a palco. Esta será a 25ª sessão do ciclo conduzida pelo poeta e ensaísta Henrique Fialho.

No ano em que o Teatro comemora 35 anos, “a sessão será dedicada à colecção de peças de teatro do Teatro da Rainha — que vai no seu quinto livro e na sua décima peça”, lê-se em comunicado. Entre os autores estão Beckett, Martin Crimp, Sarrazac e George Tabori.

Na sessão irão participar ainda a atriz e dramaturgista Isabel Lopes, o encenador Fernando Mora Ramos e o ator Carlos Borges. A entrada é livre, embora de reserva prévia obrigatória, já que, de forma a garantir as normas emanadas pelo Governo, a companhia limitou o auditório a 20 lugares.

Para o fim do mês de junho está ainda prevista a estreia de “O Discurso do Filho da Puta”, de Alberto Pimenta, uma realização coral de Miguel Azguime e Fernando Mora Ramos. Do espectáculo, inicialmente previsto como uma performance de rua para marcar o dia da cidade, a 15 de maio, fazem parte os coristas Cibele Maçãs, Mafalda Taveira, Nuno Machado e Fábio Costa.

Podes saber mais sobre a programação do Teatro da Rainha aqui.

Texto de Bárbara Dixe Ramos
Fotografia disponível em Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.