O Teatro Viriato, em Viseu, apresenta de 9 a 11 de Outubro a peça de teatro sobre camionistas Viajantes Solitários, passada a bordo de um camião TIR, como resultado de uma parceria entre o Teatro Viriato e a empresa de serviços de transporte Patinter.

O espectáculo, que estreou em Outubro de 2015, resultou de um desafio do Teatro Viriato e da empresa Patinter ao Teatro do Vestido, com a ideia de criar um espetáculo a partir das vidas e das histórias dos motoristas de longo curso da empresa. A encenadora Joana Craveiro e a sua equipa acompanharam alguns dos camionistas a bordo dos seus camiões TIR e percorreram muitas vezes o trajecto desde a sede da Patinter, em Mangualde, até à fronteira com Espanha, para recolherem depoimentos destes trabalhadores que percorrem milhares de quilómetros sozinhos. Construído a partir dessa extensa recolha de experiências de vida de camionistas, a peça, como refere Joana Craveiro, apresenta “histórias de um mundo pouco ou nada documentado”.

O espetáculo Viajantes Solitários é, no entanto, apenas um dos exemplos das parcerias do programa de  Mecenato Cultural que o Teatro Viriato tem vindo a desenvolver desde 1999. A Caixa para Guardar o Vazio, uma escultura-performance de Fernanda Fragateiro, com coreografia de Aldara Bizarro, resulta também da ligação do Teatro Viriato ao tecido empresarial. Estreado em 2005, o projecto incorporou então um tapete escultórico construído nas oficinas da empresa Habidecor e a digressão foi garantida, mais uma vez, pela empresa Patinter. Com 20 anos de história, o Teatro Viriato procura, em relação com o mundo empresarial, fazer do Mecenato Cultural “um projeto assente no desafio mútuo e no encontro entre empresas e cultura”.

Com direcção e texto de Joana Craveiro, a interpretação fica a cargo de Estevão Antunes e Simon Frankel. A peça pode ser vista de quarta a sexta-feira, às 21h30, com duração de cerca de 90 minutos, e o custo do bilhete é 7€, com uma lotação máxima de 30 lugares.

Texto de Francisco Cambim
Fotografia de José Alfredo

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.