O The Great Lisbon Club é mais do que "um grande festival de pequenos palcos", é o ponto de encontro de mais de 100 artistas que fazem parte do circuito independente de clubes. De 2 a 5 de dezembro, o bairro da Graça recebe um programação com 33 projetos, saudade, encontro e partilha.

Há um novo Clube na cidade de Lisboa que quer exaltar, preservar e servir de ponto de encontro para todas e todos aqueles que fazem parte da rede essencial de clubes alternativos da cidade - "clubes como espaços de liberdade, cultura, comunidade e criação, espaços de partilha de linguagens, sonoridades e formatos diversos, em suma, habitats naturais do encontro dos artistas com o seu público, dos artistas com os artistas, e que assim formam a base de todo um ecossistema cultural, que não é senão onde a cena musical e artística do país floresce.

A Voz do Operário, o Largo da Graça e Camones recebem assim, durante quatro dias, o The Great Lisbon Club, o "grande festival dos pequenos palcos", que quer celebrar o passado com os olhos postos no futuro, mas a viver o presente. Pensado e idealizado por Miss Suzie - cantora, atriz, performer e diretora de arte - e Julita Santos - produtora e gestora cultural - o festival dá resposta a uma preocupação comum: "apercebemo-nos que faltavam palcos para o encontro desta família tão diversa sonoramente e ao mesmo tempo tão semelhante na forma de sentir e pensar este universo artístico. Com este conceito, unimos o passado e o presente, para reviver as experiências noturnas desde os cabarets dos anos 20 aos grandes clubes contemporâneos."

A primeira edição começa com os Pop Dell'Arte que encontram o saxofonista Rodrigo Amado, 3 WYZEMEN, o projeto musical Kriol, o DJ Mário Valente, Northern Lights, e ainda Desconectados que contam com a ajuda em palco de Jorge Palma e Manel Cruz. O festival continua com artistas como Bezegol & Rude Bwoy Banda que convidam Marta Pereira da Costa; os Bizu Coolective chamam Da Chick; João Cabeleira que vai tocar com os Budda Power Blues e ainda JP Simões apresenta o último disco do seu alter-ego Bloom com a prestação de Nuno Ferreira; Suzie and The Boys têm a companhia de Symone de la Dragma; os Lefty vão rockar com Scúru Fitchádu e muito muito mais.

O host e performers Dagu, Lady Myosotis e Manu de La Roche são os anfitriões de um cartaz que vai ainda contar com alguns dos nomes mais destacados do DJing da capital como Mike Stellar, Lady G Brown, Lucky ou as duplas B SESSIONS (Mikas e Ricardo Pinto) ou Chills and Fever (A Boy Named Sue e Nuno Rabino).

Os bilhetes já estão à venda na Ticketline e tem o custo de 15€ (bilhete diário) ou 40€ (passe geral).

Programa disponível, aqui.

Texto de Patrícia Nogueira
Fotografia disponível via Pexels

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.

O Gerador é parceiro do The Great Lisbon Club