A 4ª edição do Ti Milha, um festival a decorrer nos dias 19, 20 e 21 de julho na Ilha, uma aldeia do distrito de Leiria, regressa com dias cheios de programação musical, workshops, uma sessão de curtas, tertúlias e até uma aula de pilates e outra de kickboxing. No último dia há ainda um piquenique que pretende ser o momento de união de gerações. 

O primeiro dia de festival conta com Mov’ilha, ENES, G Combo, Sequin e DJ Nuno Rabino a aquecer a aldeia. No segundo dia, 20 de julho, o leque de programação alarga-se e além das bandas sonoras proporcionadas por Bananana, The Twist Connection, Chalo Correia, Farra Fanfarra e Le Cirque du Freak DJ Set, haverá uma feira no parque, um workshop de serigrafia e outro de produtos cosméticos naturais, uma aula de kickboxing, e ainda uma tertúlia sobre sustentabilidade e outra sobre voluntariado. 

Mr. Gallini, o músico de Alcobaça que também faz parte dos Stone Dead, atua no dia 21 de julho 

No dia 21 de Julho será Mr. Gallini a atuar na Ilha e Luana do Bem pisará o mesmo palco, mas para levar a stand-up comedy para o festival. Uma aula de pilates, um sarau com o Rancho Etno-Popular da Ilha, um Workshop Danças do Mundo, um torneio de xadrez, um workshop de música para crianças e um mega piquenique compõem as atividades já agendadas para a despedida. 

O Ti Milha é organizado pela ARCUPS, uma associação que trabalha voluntariamente com o objetivo de “fazer mais pela região e sobretudo pelas pessoas, mostrando a Ilha ao mundo e o mundo à Ilha”, como é possível ler no comunicado de imprensa. O festival que existe desde 2016 e tira partido da natureza envolvente da aldeia garante um espaço para que os visitantes possam acampar. 

Sabe mais sobre o Ti Milha, aqui. 

Texto de Carolina Franco
Fotografias de Ti Milha

Se queres ler mais entrevistas sobre a cultura em Portugal, clica aqui.