As Galerias Municipais de Lisboa têm um novo curador: Tobi Maier. O curador e crítico de arte alemão foi selecionado para dirigir as Galerias que até então estavam nas mãos de Sara Antónia Matos. O processo de seleção foi feito através de concurso com Joana Cardoso, presidente da EGEAC, e os curadores Isabel Carlos e Sérgio Mah, no júri. O concurso abriu a 11 de dezembro de 2018 e as candidaturas foram entregues até ao dia 14 de janeiro.

Após terem sido selecionados três finalistas, entre 15 candidaturas, Tobi Maier acabou por ser o escolhido com base no seu currículo, na proposta de candidatura e numa entrevista, para ficar à frente das Galerias Municipais durante 3 anos.

Fazem parte das Galerias Municipais a Galeria Quadrum, o Pavilhão Branco, a Galeria da Boavista, o Torreão Nascente da Cordoaria e a Galeria da Avenida da Índia. Sara Antónia Matos, curador responsável pelas Galerias Municipais desde janeiro de 2017 e sucessora de João Mourão, mantém-se na direção do Atelier-Museu Júlio Pomar, atividade que até agora acumulava com a das Galerias. 

Tobi Maier vive atualmente em Berlim e vai mudar-se para Lisboa para exercer funções a partir do dia 1 de março. Depois de um mestrado em Estudos Curatoriais pelo Royal College of Arts, em Londres, trabalhou como curador no MINI / Goethe-Institut Curatorial Residencies Ludlow 38, em Nova Iorque, entre 2008 e 2011, e no Frankfurter Kunstverein, entre 2006 e 2008, e foi  curador associado na 30a Bienal de São Paulo, entre 2011 e 2012.

Texto de Carolina Franco
Fotografia de Samuel Zeller via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.