Três espetáculos, masterclasses e oficinas pedagógicas. Estes são alguns dos elementos previstos na programação do 3.º Festival Internacional de Trombone, que decorre em Braga entre 29 e 31 de julho.

O evento irá contar com atuações de grandes trombonistas portugueses, que integram orquestras nacionais e estrangeiras “de referência”, de acordo com o programador do festival, Zeferino Pinto. “Estamos a falar, por exemplo, de João Martinho, que trabalha na Philharmonisches Staatsorchestes Hamburg (Alemanha), ou de Gabriel Antão, da Tonkünstler-Orchester Niederösterreich (Viena, Áustria)”, referiu. Outro dos nomes em destaque é Ricardo Pereira, da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música.

Para o primeiro dia está prevista a atuação de GMS – Quinteto de Metais, do Seixal. No dia 30, o destaque vai para Táxi Groove, um projeto que nasceu de um grupo de músicos residentes em Lisboa. Para o terceiro e último dia está programado um espetáculo a cargo de Ensemble APT & Friends, que junta trombonistas de referência e professores dos vários conservatórios e escolas superiores de música portuguesas. Este concerto contará com as prestações dos solistas internacionais Martin Schippers e Lars Ragnar Karlin. Todos os espetáculos irão decorrer no Espaço Vita.

Para a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, o festival, além de promover o trombone e de potenciar os talentos locais, proporcionando-lhes o contacto com projetos musicais de outras proveniências, contribui ainda para a formação musical dos alunos de vários pontos do país.

Isto porque, além dos concertos, o evento conta com uma programação de caráter pedagógico, que tem em vista o desenvolvimento musical e humano de jovens trombonistas, através da realização de diversas atividades como ‘masterclasses’ e oficinas, no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. “A procura pelo trombone tem vindo a crescer imenso em Portugal e de uma forma muito particular em Braga”, disse ainda Zeferino Pinto.

O Festival Internacional do Trombone é organizado pelo Município de Braga e pela Associação Portuguesa do Trombone (APT). No total, este evento deve reunir cerca de 70 músicos e professores de trombone.

Texto por Sofia Craveiro com Lusa
Fotografia via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.