O filme de Pedro Costa protagonizado pela atriz, Vitalina Varela, está nomeado na categoria de Melhor Filme Internacional na 93ª edição dos Óscares, que acontecerá no dia 25 de abril de 2021, no Teatro Dolby em Los Angeles.

A Academia Portuguesa de Cinema (APC), informa através de um comunicado na rede social oficial, que se realizou uma segunda votação, devido à exclusão do filme “Listen” de Ana Rocha de Sousa, pela Academia de Hollywood,  “no sentido de garantir nova oportunidade de voto a todos os que haviam selecionado o filme na primeira votação, assegurando a maior representatividade possível na escolha do candidato de Portugal!”.

O filme conta a história de Vitalina, uma mulher cabo-verdiana, de 55 anos, que regressa a Portugal após vinte e cinco anos, para o funeral do marido que morreu há três dias. O conteúdo audiovisual passa-se, maioritariamente, no bairro Cova da Moura.

Para além da personagem principal, o elenco é composto por José Tavares Borges, Manuel Tavares Almeida, Francisco Brito, Marina Alves Domingues, Imídio Monteiro, Nilsa Fortes, Isabel Cardoso e Lina Varela.

Com exibição em mais de cinquenta países e estreia no Festival Internacional de Cinema de Locamo, a 14 de agosto de 2019, na Suíça, onde ganhou o prémio Leopardo de Ouro para melhor filme e Vitalina Varela, melhor atriz, a obra vence também, o prémio de melhor filme no Festival Internacional de Cinema de Gijón, em Espanha, melhor fotografia com assinatura de Leonardo Simões no festival Cine de Mar del Plata na Argentina, melhor filme na sociedade portuguesa de autores, entre outros.

O realizador reúne outras obras como, “O Sangue”, O nosso homem”, a trilogia "Cartas das Fontainhas" e “Cavalo Dinheiro”.

Texto de Filipa Bossuet

Fotografia de ©Pedro Costa disponível via Facebook

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.