Uma viagem pela animação de 20 países da Europa e da América (Latina e do Norte) é a proposta do Festival de Animação de Lisboa – MONSTRA para assinalar 20 anos de cinema. Durante 20 semanas torna-se possível revistar várias criações cinematográficas, passando pelos filmes e pelos realizadores que representaram “alguns dos melhores momentos da criação no cinema de animação mundial” em edições passadas da MONSTRA.

Esta iniciativa, que arrancou no dia 28 de outubro, passou pela Cinemateca Portuguesa (Brasil e França), pela Escola Superior de Artes e Design nas Caldas da Rainha (República Checa) e estende-se até 12 de março de 2020 em vários espaços culturais. Além da Cinemateca Portuguesa, também o Largo Residências, o Clube Royale, o Com Calma – Espaço Cultural e o SMUP – Parede acolhem este warm up da MONSTRA. Aqui podes conhecer toda a programação e horários ao pormenor.

O festival já homenageou mais de 20 países. Segundo o diretor artístico, Fernando Galrito, foram apresentados “mais de 15 mil filmes de mais de 20 mil realizadores de todo o mundo. Realizamos ações de formação para mais mundo. Estivemos em mais de uma centena de cidades e vilas portuguesas e em mais de 130 cidades dos 5 continentes. Realizamos sessões, formamos, exibimos, 'agitamos' mais de um milhão de espectadores, sendo mais de metade crianças e jovens em Portugal e nos cinco continentes."

Neste momento, o festival ganhou o seu lugar no panorama cultural e promove a transversalidade entre vários domínios artísticos como é o caso das artes plásticas, da música, performance, arquitetura, ilustração, realidade virtual, do design, entre muitos outros.

Texto de Mafalda Lalanda

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.