A Ignição Gerador está de volta já no próximo dia 6 de Abril, pelas 17h30, no Museu Nacional da História Natural e da Ciência. Desta vez juntámo-nos ao FATAL – Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa, para celebrar o seu 20º aniversário, mas a receita mantém-se: um espaço inusitado e duas performances inesquecíveis, guardadas secretamente até ao último momento.

Esta edição da Ignição Gerador está integrada na programação Outras Cenas, que antecede a 20° edição do Fatal e que, durante o mês de Abril, leva vários momentos de programação cultural a espaços improváveis da Universidade de Lisboa.

Para te abrirmos o apetite, e se não estiveste presente na primeira Ignição Gerador de 2019 em Fevereiro, contamos-te aqui o que aconteceu.

Às 17h30 a Reitoria da Universidade de Lisboa abriu as suas portas para receber os corajosos visitantes que quiseram fazer parte desta experiência e garantir a sua senha.

Naquele final de tarde frio, a sala do Senado da Reitoria recebeu o espectáculo “Fake news : naked fews”, uma produção da 33 Ânimos, onde “três detetives da verdade convocaram o público para uma assembleia secreta”.

No final da primeira performance, os convidados foram guiados até ao palco da Aula Magna onde, sentados no próprio do palco, assistiram ao concerto de Inês Pimenta, que apresentou as canções do seu EP “Son of Daedalus”.

A Ignição Gerador é uma iniciativa do Gerador que acontece em espaços exclusivos e irrepetíveis. A cada 2 meses, espaços como casas de pessoas, lojas abandonadas, tascas centenárias, garagens mal iluminadas, hortas cultivadas ou jardins em flor podem ser palco de duas performances surpresa.

Vemo-nos no dia 6 de Abril? ;-)