As candidaturas para as linhas de apoio à criação em residência, à coprodução de espetáculos de artes cénicas e à programação de festivais e espaços cénicos estão abertas até 15 de outubro, anunciou no dia 18 de junho a Direção-Geral das Artes (DGArtes).

“Encontram-se abertas as candidaturas às três Linhas de Apoio Ibercena 2020/2021, aprovadas na XXVIII Reunião do Conselho Intergovernamental do Ibercena”, anunciou aquele organismo em comunicado.

De acordo com o regulamento das candidaturas, a decorrer de 15 de junho e 15 de outubro, os interessados deverão inscrever-se na plataforma digital disponível no site do Ibercena e preencher o formulário correspondente à linha de apoio pretendida.

Na página de Internet do programa (www.iberescena.org) está disponível todo o material necessário para apresentação da candidatura.

Esse material inclui a convocatória, guias de ajuda, perguntas frequentes, assim como os contactos de cada um dos Representantes dos Países Membros do Programa (REPPI) e da Unidade Técnica Ibercena.

O comunicado refere ainda que, estando a convocatória inserida no contexto pandémico vivido, os parâmetros de apoio foram “alvo da devida adaptação, assegurando, deste modo, a execução dos projetos para o decorrer do ano 2021”.

A Ibercena é o Programa de Cooperação Iberoamericana para as Artes Cénicas, de que fazem parte Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal e Uruguay.

Texto de Lusa
Fotografia de Tyler Callahan disponível via Unsplash
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.