És apaixonado por produção de eventos? Fascina-te a área cultural e todas as suas vertentes? O ofício de Planeamento na Produção de Eventos Culturais vai dar-te as ferramentas que precisas para planear uma iniciativa desde o momento em que surge o conceito até à sua realização. Já te podes inscrever para este ofício que começa em janeiro e tem a duração de aproximadamente dois meses.

Em que consiste este Ofício?

Nestas aulas vais tomar contacto com instrumentos indispensáveis para fazer o planeamento de iniciativas culturais e artísticas, numa dimensão prática que culmina na apresentação da proposta de um evento cultural, pela turma.

Durante todo o processo vais poder contar com a ajuda do Prof Miguel Bica, que será responsável por te dar as ferramentas necessárias, da teoria à prática, para que consigas implementar o projecto final. Nas 10 aulas, de 2,5 horas cada, vais poder mergulhar em temáticas como:

Panorama Cultural Português

Contextualização da Produção Cultural em Portugal, dos principais promotores, artistas, espaços e públicos, e de como este panorama se altera em função da região ou mesmo no contexto internacional.

Planeamento Inicial

Introdução ao processo de planeamento, desenvolvimento e interpretação da ideia-conceito, as características de um bom produtor e as necessidades de equipa.

Mapa de Produção

Desenvolvimento do conceito e do mapa de produção. Avaliação de recursos humanos, materiais, temporais. Estratégias e atribuição de responsabilidades.

Cronograma

Aprender como criar um cronograma: criar a estrutura base, decompor as diversas tarefas, atribuir-lhes responsáveis e prazos.

Espaços e Artistas

Identificar os diferentes stakeholders e suas responsabilidades habituais. Relação com o artista e com a obra. Tipos de espaço e equipa do espaço. Interpretação de Riders técnicos.

Plano do dia

Plano do dia (montagens – evento – desmontagens – avaliação). Decomposição do dia do evento por hora, atribuindo hierarquias de decisão, ordem de montagens, soundchecks e delegando responsabilidades.

Dinâmicas de redundância

Análise do risco e dos fatores que reduzem ou aumentam a probabilidade de algo correr menos bem. Criação de dinâmicas redundantes de verificação. Conservadorismo e ambição na tomada de decisão.

Balanço e Avaliação do evento

Análise e reflexão crítica do evento. Balanço do módulo. Como criar modelos de avaliação que perdurem e se tornem instrumentos úteis em eventos futuros.

E não ficamos por aqui…

A Escola Gerador acredita no potencial dos seus alunos e, por isso, os dois melhores de cada curso poderão participar num projeto com o Gerador que será o acompanhamento de todas as fases de preparação – da ideia à implementação – de uma iniciativa do Gerador.

As aulas do ofício Planeamento na Produção de Eventos Culturais decorrem sempre à segunda-feira, das 19h30 às 22h, entre os dias 20 de janeiro e 24 de março, na Central Gerador, o espaço do Gerador dedicado à promoção da cultura portuguesa. No Lumiar, em Lisboa.

Aqui tens acesso a um pdf pronto para download com tudo o que precisas de saber sobre este ofício. Para te inscreveres basta ires até à nossa loja online e juntares ao teu carrinho o produto do ofício Planeamento na Produção de Eventos Culturais e o produto do Cartão de Sócio Gerador se ainda não o fores.

Onde fica a Escola Gerador?

Fica na Central Gerador, o espaço do Gerador dedicado à promoção da cultura portuguesa. No Lumiar, em Lisboa.

Créditos – Foto de Andreia Mayer na visita guiada da Escola Gerador ao CCB